Virgin Galactic realiza missão Unity 22 que atinge 86 km de altitude

A empresa Virgin Galactic realizou a missão Unity 22 no dia 11 de Julho de 2021 que, e ao contrário do que anuncia a empresa, não atingiu o limite inferior do espaço exterior internacionalmente definido pela Federação Aeronáutica Internacional nos 100 km de altitude.

O voo teve início a partir do Spaceport America, em Truth or Consequences – Novo México. Na parte inicial do voo o veículo WhiteKnightTwo “VMS Eve” foi transportado pelo veículo SpaceShipTwo “VSS Unity. Assim que o VMS Eve, comandado pelo astronauta Frederick Wilford Sturckow e pelo piloto Kelly Latimer, atingiu os 13,7 km de altitude – e após a realização da verificação de vários sistemas em ambos os veículos – o VMS Eve foi largado pelo VSS Unity, antes da ignição do motor que teve uma duração de 60 segundos.

Finalizada a ignição do VMX Eve, este continuou a voar até atingir uma altitude de cerca de 86 km, acima da altitude mínima de 80 km que é requerida pela Força Aérea dos Estados Unidos e pela NASA para garantir as “asas de astronauta”.

De referir que em 2004 a SpaceShipOne ultrapassou a altitude de 100 km para reclamar o X-Prize.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post