Vaivéns espaciais soviéticos vandalizados em Baikonur

Segundo informação da Corporação Espacial Estatal Roscosmos, os dois vaivéns espaciais soviéticos que se encontram armazenados em Baikonur terão sido recentemente vandalizados, levando a que a Roscosmos tomasse a decisão de proceder o mais rápido possível para a sua transferência para um museu.

Os dois veículos, o Buran 1.02 e o Buran OK-MT, estão actualmente à guarda das autoridades do Cazaquistão no interior do edifício MZK que tem sido alvo de entradas não autorizadas.

Recentemente, surgiram fotografias do vaivém espacial Buran 1.02 vandalizado com grafito no interior do edifício de armazenamento, levando as autoridades russas a iniciar o processo de transladação destes veículos únicos para um museu onde serão preservados como elementos da história espacial. Os actos de vandalismo terão ocorrido em Abril de 2021.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post