Tripulação da ISS estuda causas do aumento da pressão ocular

A tripulação da Expedição 58 voltou a concentrar-se hoje no estudo das mudanças de pressão na cabeça e nos olhos que os astronautas sentem enquanto vivem no espaço. Posteriormente, a tripulação levou a cabo mais tarefas de manutenção de hardware.

A Engenheira de Voo Anne McClain e o Engenheiro de Voo David Saint-Jacques trabalharam durante toda a manhã de Quinta-feira levando a cabo pesquisas sobre o fluxo ascendente de fluidos que ocorre dentro dos corpos dos astronautas. A dupla conduziu exames oculares com uma variedade de dispositivos para medir as alterações da pressão ocular causadas por essas mudanças de fluidez na microgravidade.

McClain passou a tarde conectando cabos e instalando peças no Multi-Purpose Small Purpose Rack (MSPR) que abriga pequenas experiências no módulo laboratorial Kibo. Por seu lado, Saint-Jacques substituiu equipamentos electrónicos na incubadora Kubik, que permite a pesquisa de sementes, células e pequenos animais no módulo laboratorial Columbus.

O comandante Oleg Kononenko levou a cabo a manutenção do equipamento de suporte de vida e outros sistemas da estação no segmento russo da ISS. O cosmonauta veterano de três expedições anteriores terminou o dia explorando como os membros das tripulações de todo o mundo interagem e aprendem a viver juntos no espaço.

 

%d blogueiros gostam disto: