Tianwen-1 executa nova manobra em órbita de Marte

A sonda Chinesa Tianwen-1 levou a cabo uma nova manobra em órbita de Marte.

A manobra terá ocorrido pelas 2232UTC do dia 23 de Fevereiro de 2021 e foi levada a cabo no perigeu orbital localizado sobre o possível local de descida do veículo de exploração de superfície. Esta manobra teve como objectivo baixar o apogeu da órbita da sonda, colocando-a assim com um período orbital de dois dias.

Crê-se que o veículo de exploração de superfície inicie a sua missão em Maio.

A sonda Tianwen-1 atingiu a órbita de Marte no dia 10 de Fevereiro de 2021, mas apesar de esta ser uma missão de bandeira para o programa de exploração planetária do gigante asiático, a verdade é que não tem havido qualquer referência oficial à missão desde o dia 15 de Fevereiro quando a agência de notícias, Xinhua, anunciou que a sonda havia levado a cabo uma planeada correcção orbital.

Esta correcção orbital terá utilizado o motor de 3 kN pelas 0900UTC para garantir que a sonda entrasse numa órbita polar, tendo o seu ponto mais baixo a 265 km de altitude sobre a superfície do planeta. Outras manobras se iriam seguir para colocar a sonda numa denominada ‘órbita de parqueamento’.

A 23 de Fevereiro, a agência Xinhua publica uma notícia que aborda a exploração lunar e o sucesso da sonda Chang’e-5 na recolha e transporte para a Terra de amostras da superfície lunar, não fazendo qualquer referência à sonda Tianwen-1 num artigo intitulado “A China explora o espaço com auto-confiança e mente aberta”.

O plano inicial da missão levou assim a Tianwen-1 para uma órbita elíptica com uma baixa inclinação orbital ao entrar na órbita de Marte no seu perigeu. De seguida, e permanecendo nessa órbita, a sonda atingiu o apogeu onde levou a cabo uma manobra para alterar a sua inclinação (15 de Fevereiro), e depois chegar ao perigeu para realizar uma nova manobra orbital.

Uma nova correcção orbital ocorreu pelas 1146:42UTC do dia 20 de Fevereiro no ponto mais baixo da sua órbita com o intuito de baixar a altitude do seu apogeu.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post