Irão falha lançamento orbital

A 30 de Dezembro de 2021 a televisão oficial do regime iraniano anunciou que aquela república islâmica terá lançado um foguetão Simorgh a partir do Centro Espacial Iman Khomeini.

Na altura, e tendo por base as declarações da imprensa iraniana, não era certo que o lançamento realizado pelo Irão utilizando o foguetão Simorgh (UKS.C001) teria sido uma tentativa de lançamento orbital ou um teste suborbital deste lançador. Usualmente, os testes suborbitais são realizados no início dos programas de desenvolvimento dos lançadores. Porém, e tendo em conta que o foguetão Simorgh nunca conseguiu um lançamento orbital bem sucedido, este poderia ter sido um teste de desempenho do lançador e as três cargas anunciadas a bordo poderão ter sido dispositivos de análise do lançador que terá atingido uma altitude de 470 km e uma velocidade de 7,35 m/s (insuficiente para colocar algo em órbita). Porém, e após a análise das informações e dados disponíveis, é agora quase certo que esta terá sido mesmo uma tentativa de lançamento orbital falhada, levando à perda dos três satélites (cargas) a bordo.

A agência de notícias IRNA cita um responsável pelo Ministério da Defesa iraniana, Ahmad Hosseini, referindo que “o desempenho do centro espacial e o desempenho do lançador foram realizados de forma correcta, notando que os objectivos do lançamento haviam sido atingidos.”

O lançamento teve lugar às 0330UTC.

O foguetão Simorgh

Por vezes designado Safir-2, o foguetão Simorgh (ماهواره‌بر سیمرغ‎) foi anunciado a 3 de Fevereiro de 2010 pelo então Presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad.

O foguetão é um lançador a dois ou três estágios com 27 metros de comprimento, um diâmetro de 2,5 metros e uma massa no lançamento de 87.000 kg. Seu primeiro estágio é alimentado por quatro motores principais, cada um com uma capacidade de 29.000 kgf (280 kN, além de um quinto motor vernier, fornecendo 13.600 kgf (133 kN). No lançamento o foguetão é capaz de gerar um impulso total de 130.000 kgf (1.300 kN).

O Simorgh é capaz de colocar uma carga de 350 kg numa órbita terrestre baixa a uma altitude de 500 km.

Este lançador tem a sua raiz no foguetão Norte-coreano Unha e no foguetão Iraniano Safir.

O lançamento inaugural do Simorgh deveria colocar em órbita o satélite Toloo, seguindo-se mais tarde os satélites Mesbah-2 e Autsat. Porém, em Novembro de 2011, foi anunciado que o primeiro voo do Simorgh ocorreria em 2012 a partir do Centro Espacial Iman Khomeini.

O primeiro lançamento do Simorgh ocorreria a 19 de Abril de 2016, numa missão de teste sub-orbital cujo resultado não foi publicado. Na altura o lançamento do satélite Toloo estava previsto para o início de 2017. O lançamento nunca teve lugar.

Um segundo teste teve lugar a 27 de Julho de 2017, não alcançando a órbita terrestre devido a um problema de ignição do segundo estágio que funcionou somente durante 20 segundos.

O terceiro lançamento do Simorgh a 15 de Janeiro de 2019, também não atingiu a órbita terrestre devido a um mau funcionamento do terceiro estágio, levando à perda do satélite Payam-e Amirkabir (پيام اميركبير) (AUTSAT-1, Amir-Kabir 1).

Dados estatísticos e próximos lançamentos

– Lançamento orbital: 6166

– Lançamento orbital Irão: 14 (0,23%)

– Lançamento orbital desde CE Iman Khomeini 13 (0,21% – 92,86%)

Os próximos lançamentos orbitais previstos são (hora UTC):

6167 – 06 Jan (????:??) – Satish Dawan SHAR, FLP – PSLV-C53 – EOS-06 (Oceansat-3), BhutanSat

6168 – 12 Jan (????:??) – Mojave ASP, RW12/30 – Boeing 747 “Cosmic Girl”/LauncherOne – ADLER-1, Ignis, ScopeSat, SteamSat-2, STORK-3, ELaNa 29: PAN A, PAN B, satélites STP-27VPB

6169 – 13 Jan (????:??) – Cabo Canaveral SFS, SLC-40 – Falcon 9-135 – Transporter-3: Alba Cluster 4 (PION-BR1), Capella 7 (Capella Whitney 5), Capella 8 (Capella Whitney 6), CZE-BDSat, Hypernova, HYPSO-1, ION-SCV 004 (Guardian), VZLUSAT-2, KSF 2A (PPM 1A), KSF 2B (PPM 1B), KSF 2C (PPM 1C), KSF 2D (PPM 1D), Sherpa FX3, Sich 2-30, TechEdSat-15, UMBRA-02, URESAT-1, WVSAT mission ELaNa 40: CubeSat (x2)

6170 – 21 Jan (????:??) – Cabo Canaveral SFS, SLC-41 – Atlas-V/511 (AV-084) – USSF-8: GSSAP 5 (Hornet 5), GSSAP 6 (Hornet 6)

6171 – 27 Jan (????:??) – Baikonur, LC31 PU-6 – Soyuz-2.1b/Fregat (Ya15000-052-xxx/123-15 (ST38)) – OneWeb-L14

 



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post