Starship SN10 da SpaceX explode após a «aterragem»

A SpaceX levou a cabo o teste do protótipo SN10 com a missão a ter início às 2314UTC do dia 3 de Março de 2021 a partir da zona de testes da empresa em Boca Chica, Texas.

Todas as fases do teste parecem ter decorrido nos parâmetros previstos, exceptuando a fixação dos dispositivos de aterragem. A Starship SN10 executou todas as fases de voo, mas após uma aterragem anormal, ocorreu uma fuga que minutos depois levaria a uma explosão, destruindo o veículo.

O voo da SN10

Tal como o voo anterior, este teste foi projetado para testar uma série de objectivos, desde o desempenho dos três motores Raptor do veículo até às capacidades gerais de voo aerodinâmico d(incluindo os flaps da fuselagem), bem como a forma como o veículo gere a transição do propelente. O SN10 à semelhança do protótipo Starship SN9 também realizou uma manobra de giro de pouso.

Após a entrada de ignição dos motores Raptor durante uma subida vertical para atingir uma altitude máxima de cerca de 10 km, o veículo terminou a ignição e iniciou uma queda livre de volta ao solo. Caindo de barriga primeiro, o foguetão passou à posição vertical.

Ao se aproximar do solo, os três motores Raptor entraram em ignição e o veículo endireitou-se, adquirindo uma posição vertical para a aterragem conforme programado a algumas centenas de metros da plataforma de descida. Ao contrário dos testes anteriores o facto deste teste ter sido realizado com a ignição dos três motores Raptor fez com que o protótipo se endireitasse de forma suave e segura passando depois à fase de descida final conforme previsto, já equilibrado, apenas com um motor Raptor para não tocar o solo de forma brusca. A aterragem da Starship SN10 não foi totalmente segura. Um dos dispositivos de aterragem não se fixou e o veículo aterrou com a sua base posterior, ficando inclinado e dando origem a uma fuga de propelente, explodindo minutos depois.

Com este teste a SpaceX obteve mais dados para que o teste do protótipo seguinte, o SN11, possa ser bem sucedido até ao final.

Texto: Salomé T. Fagundes / Rui C. Barbosa



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post