Starlink de novo adiados

Pela segunda noite consecutiva a SpaceX adiou o lançamento dos primeiros 60 satélites Starlink para a sua rede global de fornecimento de serviços de Internet. O adiamento foi causado pela necessidade de se proceder a uma actualização do software dos satélites.

O lançamento estava previsto para ter lugar às 0230UTC do dia 17 de Maio de 2019. O primeiro no dia 16 de Maio adiamento ficou a dever-se à ocorrência de ventos fortes em altitude. O lançamento será levado a cabo pelo foguetão Falcon 9-072 (B1049.3) a partir do Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral AFS.


Com uma massa de 227 kg cada, os satélites Starlink são desenvolvidos pela SpaceX e irão fazer parte de uma constelação de 4.425 satélites em órbita terrestre baixa para fornecer acesso a serviços de Internet de banda larga. Os satélites transportam uma carga de comunicações utilizando frequências de banda Ku e Ka. Os satélites irão utilizar ligações ópticas inter-satélite, comunicações em fase e tecnologias de processamento digital.

Os primeiros 1.584 satélites deverão operar numa órbita a uma altitude de 550 km. As posteriores sub-constelações estão planeadas para ser colocadas em órbitas a 1.200 km de altitude e a 340 km de altitude, constituindo uma constelação final de cerca de 12.000 satélites.

Os 75 satélites iniciais, denominados Block v0.9, são protótipos sem ligações inter-satélite. Estes serão utilizados para testes extensivos de colocação em órbita e operação, além de operações deliberadas de remoção orbital.

 

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: