Soyuz MS-16 – Preparativos para o lançamento (II)

No Cosmódromo de Baikonur continuam os preparativos para o lançamento da cápsula espacial tripulada Soyuz MS-16 que está previsto para o dia 9 de Abril de 2020.

Após chegarem a Baikonur no dia 24 de Março, as duas tripulações da Soyuz MS-16 iniciaram a 25 de Março a fase final do seu treino para a sua missão espacial a bordo da estação espacial internacional. Segundo o programa de treino, os cosmonautas e astronautas, envergando os seus fatos espaciais, realizaram seus testes de pressurização dos mesmos e depois ocuparam os seus lugares no interior da Soyuz MS-16. As tripulações verificaram o equipamento de serviço, familiarizando-se com a documentação a bordo, estudaram o programa de voo e a lista de carga a ser transportada para a ISS. As tripulações irão praticar as manobras de aproximação manual à ISS, verificação dos kits de hardware científico, irão ensaiar as operações balísticas, etc.

A 26 de Março teve lugar uma reunião da Comissão de Gestão Técnica no final da qual foi tomada a decisão de se proceder ao abastecimento da Soyuz MS-16 com os gases de pressurização e propelentes necessários para as suas manobras orbitais.

Depois de se proceder ao abastecimento da Soyuz MS-16, a cápsula espacial foi transportada de volta para as instalações de processamento da Área 254 (MIK 254) onde foi colocada numa plataforma de trabalho, sendo acoplada ao compartimento de transferência do veículo lançador a 30 de Março. O compartimento de transferência é uma estrutura cilíndrica que permite a ligação física entre a carga (neste caso a Soyuz MS-16) e o foguetão lançador, permitindo a ligação da interface de comando da cápsula espacial e o sistema de controlo do lançador, servindo também de ponto de suporte das duas metades da carenagem de protecção.

A tripulação principal da Soyuz MS-16 é composta pelos cosmonautas Anatoli Alexeievich Ivanishin (Comandante, Rússia) e Ivan Viktorovich Vagner (Engenheiro de Voo nº 1, Rússia) e pelo astronauta Christopher John Cassidy (Engenheiro de Voo nº 2, EUA). A tripulação suplente é composta pelos cosmonautas Sergei Nikolayevich Rizhykov (Comandante, Rússia), Andrei Nikolayevich Babkin (Engenheiro de Voo nº 1, Rússia) e pelo astronauta Stephen Gerard Bowen (Engenheiro de Voo nº 2, EUA).

Anatoli Ivanishin, Ivan Vagner e Christopher Cassidy farão parte da Expedição 62 juntamente com Oleg Skripochka (Rússia), Jessica Meir (EUA) e Andrew Morgan (EUA). Após o regresso destes à Terra, Ivanishin, Vagner e Cassidy farão parte da Expedição 63. Christopher Cassidy irá assumir o comando da ISS e a tripulação irá ainda contar com Nikolai Tikhonov, Andrei Babkin e Stephen Bowen, que serão lançados a bordo da Soyuz MS-17.

O lançamento da Soyuz MS-16 terá lugar às 0805:06UTC do dia 9 de Abril de 2020 e será levado a cabo pelo foguetão 14A14-1A Soyuz-2.1a (V15000-042) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6 ‘Vostok’) do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Imagens: RKK Energia / TsENKI

%d blogueiros gostam disto: