Rússia vai lançar quatro satélites desde Vostochniy

A Rússia está a preparar o lançamento de quatro satélites a partir do Cosmódromo de Vostochniy a 22 de Outubro de 2022.

O lançamento está previsto para as 2306UTC e será realizado pelo foguetão 14A14-1B Soyuz-2.1b/Fregat (Kh15000-011/142-503) a partir do Complexo de Lançamento LC-1S. Este será o primeiro e o único lançamento desde Vostochniy em 2022.

A bordo desta missão estão três satélites Gonets-M e o satélite experimental Skif-D.

Sendo uma versão melhorada dos satélites Gonets, os satélites Gonets-M, fabricados pela Reshetnev (antiga NPO Prikladnoi Mekhaniki NPO PM) e com uma massa de 280 kg no lançamento, são a versão civil dos satélites 17F13 Strela-3 que são satélites de comunicações militares com a capacidade de gravar transmissões recebidas e de as retransmitir para qualquer estação de recepção localizada por debaixo da sua órbita. Estes satélites são operados na constelação Gonets-D1M. O sistema Gonets está disponível para apoiar as organizações internacionais de saúde, permitindo-lhes serviços de comunicações globais para a transferência de dados médicos e outros registos para locais remotos.

Nesta missão serão colocados em órbita os satélites Gonets-M (33L), Gonets-M (34L) e Gonets-M (35L), pertencentes ao grupo Blok-18.

O satélite de demonstração Skif-D foi projectado para testar novas soluções técnicas para o serviço de Internet de alta velocidade e protecção dos recursos de frequência orbital. Este é o primeiro satélite do projecto federal Sfera, que irá incluir cinco constelações de satélites de comunicações (Yamal, Ekspress-RV, Ekspress, Skif e Maraton) e cinco constelações de satélites de detecção remota (Berkut-X. Berkut-O, Berkut-VD, Berkut-S e Smotr).

Imagens: Roscosmos



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post