Rússia vai lançar nova tripulação para a ISS a bordo da Soyuz MS-17

A Corporação Espacial Russa Roscosmos vai levar a cabo o lançamento da missão espacial tripulada Soyuz MS-17 a 14 de Outubro de 2020.

O lançamento está previsto para as 0545:04UTC e será levado a cabo pelo foguetão 14A14-1A Soyuz-2.1a (H15000-043) ‘Sambo’ a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

A bordo da Soyuz MS-17 estará a tripulação constituída por Sergei Nikolayevich Ryzhikov (Comandante, Rússia), Sergei Vladimirovich Kud-Sverchkov (Engenheiro de Voo, Rússia) e por Kathleen Hallisey Rubins (Engenheira de Voo, EUA).

Sergei Ryzhikov, Sergei Kud-Sverchkov e Kathleen Rubins irão fazer parte da Expedição 63 a bordo da estação espacial internacional que é comandada por Christopher John Cassidy (EUA) e da qual fazem ainda parte Anatoli Alexeievich Ivanishin (Rússia) e Ivan Viktorovich Vagner (Rússia).

Imagens: Roscosmos, RKK Energia



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post