Rússia lança mísseis Bulava desde o Oceano Pacífico

A 12 de Dezembro de 2020, o submarino Vladimir Monomakh da classe Borey do Projeto 955 lançou uma salva de quatro mísseis Bulava a partir do Mar de Okhotsk em direção à área de teste de Chizha.

Estes foram os primeiros lançamentos de mísseis Bulava conduzido por um submarino baseado na Frota do Pacífico e o segundo lançamento de salva de quatro mísseis deste tipo. O lançamento anterior desse tipo ocorreu em Maio de 2018, quando os mísseis foram lançados do submarino Yuri Dolgorukiy.

O submarino Vladimir Monomakh realizou o seu primeiro lançamento em Setembro de 2014. Em Novembro de 2015 lançou dois mísseis Bulava, mas os lançamentos não correram bem – um míssil foi danificado ao sair do tubo de lançamento e acabou errando o alvo (o segundo foi destruído logo após o lançamento, porém de forma deliberada). Alguns relatórios sugeriram que Vladimir Monomakh terá tentado lançar uma nova salva em Junho de 2016, mas partiu para a Frota do Pacífico em Agosto de 2016 sem repetir a tentativa.

O lançamento de teste seguiu o exercício de força estratégica que ocorreu a 9 de Dezembro de 2020.

Os lançamentos realizados a 12 de Dezembro de 2020 foram os testes 35 a 38 do míssil Bulava. O 34.º teste ocorreu em Outubro de 2019.

Imagens: Ministério da Defesa da Rússia



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post