Rússia lança Cosmos 2560

A Rússia realizou o lançamento do satélite Cosmos 2560 a 15 de Outubro de 2022 utilizando o foguetão 14A125 Angara-1.2/AM (17603/2L).

O lançamento teve lugar às 19:55:15,411UTC foi realizado a partir da Plataforma de Lançamento PU-1 do Complexo de Lançamento LC35 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, Arkhangelsk.

Após a separação, o novo satélite foi catalogado numa órbita com um perigeu a 328 km de altitude, apogeu a 344 km e inclinação orbital de 96,4.º.

Qual a função do Cosmos 2560?

O Cosmos 2560 é também designado EO MKA n.º 3 e inicialmente especulava-se ser um satélite de reconhecimento óptico que teria a designação EMKA-3. Porém, novas informações reveladas após o lançamento, apontam para que o satélite pertença a uma série distinta, referindo-se a designação “EO MKA n.º 3”.

O novo satélite deverá estar relacionado com duas missões anteriores, nomeadamente o Cosmos 2551 e o Cosmos 2555. O Cosmos 2551 foi lançado às 1959:47,491UTC do dia 9 de Setembro de 2021 por um foguetão 14A15 Soyuz-2.1v a partir do Complexo de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo de Plesetsk. Por seu lado, o Cosmos 2555 foi lançado às 1955:22,612UTC do dia 29 de Abril de 2022 pelo foguetão 14A125 Angara-1.2/AM (71602/1L) a partir do Complexo de Lançamento LC35/1 do Cosmódromo de Plesetsk. Os dois satélites foram colocados em órbitas similares e as suas missões nunca foram reveladas, levando assim a crer que o Cosmos 2551 seja o EO MKA n.º 1 (anteriormente referido como EMKA-2) e que o Cosmos 2555 seja o EO MKA n.º 2 (anteriormente referido como MKA-R).

O foguetão Angara-1.2

Originalmente o foguetão Angara-1.2 iria combinar a utilização dos módulos URM-1 (primeiro estágio) e URM-2 (segundo estágio) que havia sido derivado do Blok-I utilizada na famosa família de lançadores Soyuz. Tendo um diâmetro de 2,9 metros, o URM-1 teria uma dimensão inferior ao segundo estágio com um diâmetro de 3,6 metros. Nesta versão, o lançador teria uma massa de 171.ooo kg e seria capaz de colocar 3.700 kg numa órbita terrestre baixa. Os lançamentos teriam lugar a partir do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk.

Mais tarde, foi decidido que utilização destes módulos só iria ocorrer no voo de ensaio do foguetão Angara-1, assim validando e certificando os dois módulos antes da sua utilização no lançador Angara-5. Posteriormente, uma variante do foguetão Angara-1.2 era redesenhada para ter o mesmo diâmetro tanto no primeiro estágio como no segundo estágio (2,9 metros), ao mesmo tempo que se procedia ao desenvolvimento de um módulo agregado (AM) que serviria de terceiro estágio para inserir as cargas nas suas órbitas finais. Designado 2A2S, o AM está equipado com quatro motores 11D458 que desenvolvem uma força de 40 kg e 14 pequenos motores 17D58E com uma força de 1,3 kg.

O primeiro estágio do Angara-1.2, o URM-1 (2A1S), está equipado com um motor RD-191M. O RD-191M (РД-191 Ракетный Двигатель-191) é um motor de alta performance com uma única câmara de combustão, sendo derivado do RD-180. Consome querosene e oxigénio líquido e utiliza um ciclo de combustão em estágios. Foi desenhado e é produzido pela NPO Energomash. Desenvolve 2,09 MN no vácuo (impulso específico de 337 s) ou 1,92 MN ao nível do mar (impulso específico de 310,7 s). O seu tempo de queima é de 325 segundos. Tem um comprimento de 4 metros, diâmetro de 1,45 metros e uma massa de 2,290 kg.

Lançamento Veículo Local Lançamento Data Hora (UTC) Carga
2022-044 71602/1L GIK-1 Plesetsk

LC35 PU-1

29/Abr/22 19:55:22,612 Cosmos 2555 (EO MKA n.º 2)
2022-135 17603/2L GIK-1 Plesetsk

LC35 PU-1

15/Out/22 19:55:15,411 Cosmos-2560 (EO MKA n.º 3)

O segundo estágio está equipado com um motor RD-0124A que consome querosene e oxigénio líquido e utiliza um ciclo de combustão em estágios. O motor RD-0124 é utilizado nos lançadores 14A14-1B Soyuz-2.1b e 14A15 Soyuz-2-1v, com a sua variante RD-0124A a ser empregada na família de lançadores Angara. O RD-0124 é desenvolvido pela KB Khimavtomatika, Voronezh. Desenvolve 294,3 kN no vácuo (impulso específico de 339 s) e o seu tempo de queima é de 300 segundos. Tem um comprimento de 1,57 metros, diâmetro de 1,40 metros e uma massa de 2,290572 kg.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post