RocketLab vai lançar missão “Pics Or It Didn’t Happen”

RocketLab irá levar a cabo o seu 13.º lançamento orbital pelas 2113UTC do dia 3 de Julho. Esta missão, designada “Pics Or It Didn’t Happen”, irá colocar em órbita sete pequenos satélites a partir do Complexo de Lançamento LC-1A do Centro de Lançamentos de Máhia (Onenui), Nova Zelândia.

Os satélites a bordo são o CE-SAT 1B, cinco satélites Flock-4e e o satélite Faraday-1.

O CE-SAT 1B (Canon Electric Satellite 1B) é um micro-satélite de observação da Terra com uma massa de cerca de 50 kg desenvolvido pela Canon Electronics Space Technology Laboratory e pela AxelSpace (que forneceu a plataforma na qual é baseado). O satélite está equipado com um telescópio Cassegrain com uma distância focal de 3.720 mm e um detector baseado na câmara EOS 5D mk.3.

Os satélites Flock-4e (1) a Flock-4e (5) fazem parte de uma constelação de satélites de observação da Terra  construída e operada pela Planet Labs (anteriormente designada Cosmogia Inc.). Estes são CubeSat-3U com uma massa de 5 kg. Grande parte dos satélites contém um sistema de observação RGB standard, mas cinco satélites foram equipados com sistemas experimentais operando em diferentes bandas espectrais ópticas.

Cada satélite transporta um telescópio e uma câmara CCD equipada com um filtro Bayer. O sensor CCD converte os fotões filtrados em electrões, que são então ampliados de forma a produzir um número digital correspondente a cada pixel em cada banda. A Planet Labs lançou três gerações de instrumentos ópticos: Planet Scope 0 (PS0), Planet Scope 1 (PS1) e Planet Scope 2 (PS2). As imagens têm diferentes atributos dependendo da altitude do satélite e do tipo de instrumento.

O PS0 é composto por um Maksutov Cassegrain de dois elementos ópticos com um detector CCD de 11MP. Os elementos ópticos estão montados em relação à estrutura do satélite. O PS1 contém o mesmo sistema óptico do PS0 mas alinhado e montado num telescópio de fibra de carbono e titânio que se encontra isolado. Este telescópio é equipado com um detector CCD de 11MP. O PS2 é composto por um sistema óptico de cinco elementos que fornece imagens com um campo de vida largo e qualidade de imagem superior, sendo equipado com um sensor CCD de 29MP.

O satélite Faraday-1 foi construído pela InSpace e pela GOMSpace (CubeSat-6U) e tem uma massa de cerca de 6 kg. O satélite é utilizado para a realização de várias experiências tecnológicas em órbita para diferentes clientes.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post