RocketLab vai lançar dois satélites BlackSky

A RocketLab vai colocar em órbita dois satélites BlackSky no dia 2 de Abril.

O lançamento da missão “Without Mission A Beat” está previsto para as 1210UTC e será levado a cabo pelo foguetão Electron/Curie (F25) a partir do Complexo de Lançamento LC-1A do Complexo de Lançamentos Espaciais de Onenui (Máhia), Nova Zelândia.

A constelação de satélites BlackSky é um conjunto de microsatelites da BlackSky para observação terrestre, com uma resolução de 1 metro.

Estes satélites possuem um sistema de imagens SpaceView-24 construído pela Exelis da Harris Corp com uma abertura de 24 cm. Conseguem imagens do solo com uma resolução de 0,9 a 1,1 a uma altitude orbital de 500 km. São munidos de uma propulsão a bordo para 3 anos. Os satélites são construídos pela Spaceflight Services e são baseados no modelo SCOUT.

Os satélites operacionais Block 2 são caracterizados pelas suas melhorias em relação aos pioneiros Block 1. Têm painéis solares maiores e podem produzir imagens em quatro bandas e em modo pancromático. Cada um pode produzir 1000 imagens por dia, quer em modo de fotografia, quer em modo de vídeo.

Os satélites a bordo serão o BlackSky-16 (BlackSky Global 18) e o BlackSky-17 (BlackSky Global 19).



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post