RocketLab inaugura complexo de lançamento no MARS Wallops Island

A RocketLab abriu oficialmente o Complexo de Lançamento nº 2 no dia 12 de Dezembro de 2019, a sua primeira plataforma de lançamentos localizada nos Estados Unidos da América, mais precisamente no MARS Wallops Island, Virgínia. O primeiro lançamento inaugural está já confirmado com um voo dedicado exclusivamente para a Força Aérea Americana.

O Complexo de Lançamentos 2 (LC-2, também designada LA-02) da RocketLab representa uma nova capacidade de lançamento nacional para os Estados Unidos da América. A construção começou em Fevereiro de 2019 com a plataforma completa e pronta para dar suporte a missões apenas 10 meses mais tarde. Projectada para suportar missões de resposta rápida, o novo complexo oferece a capacidade de resposta ideal a partir do solo americano para pequenos satélites governamentais americanos. A habilidade para injectar satélites em orbitas precisas em questão de horas, não meses ou anos é importante para assegurar a resiliência no espaço.

Na conferencia de imprensa que teve lugar na NASA Wallops Flight Facility, o Programa de Testes Espaciais da Força Aérea anunciou que irão ser os primeiros clientes agendados para um lançamento num foguetão Electron a partir do do novo complexo. A missão irá lançar apenas um único micro satélite de pesquisa e investigação no segundo trimestre de 2020, tendo o nome da missão STP-27RM.

Seguindo um processo de selecção do local nos finas de 2018 envolvendo múltiplos portos espaciais, a RocketLab escolheu o MARS como localização do seu complexo de lançamento devido a vasta escolha de inclinações orbitais que esta localização permite, bem como a sua rápida construção deste tipo de plataforma. Mais de 150 construtores civis locais e empreiteiros foram envolvidos no desenvolvimento do LC-2, com muitas empresas do estado da Virgínia a fornecer os seus serviços, hardware e materiais para o local de construção. As infraestruturas localmente construídas incluem uma plataforma de lançamento de 66 toneladas e um apoio de elevação de 7,6 toneladas para o lançamento do Electron, ambos fornecidos pela Steel America, Virgínia.

Juntamente com a plataforma propriamente dita, o Complexo de Lançamento 2 irá também albergar uma ICF (Integration and Control Facility) localizada dentro do Parque de Investigação de Wallops para processar as cargas e o próprio Electron antes do voo. O ICF irá acomodar múltiplos Electrons para integração pré-lançamento e irá ser o centro de operações para o Range Control, integração de cargas, salas estéreis, salas de reuniões e escritórios administrativos. Com as instalações já operacionais, este complexo de lançamento espera empregar cerca de 30 engenheiros, segurança de lançamentos e administrativos no próximo ano.

Texto de Salomé T. Fagundes

Imagem: RocketLab

%d blogueiros gostam disto: