Regressos e reentradas (58)

Entre 9 de Janeiro e 10 de Fevereiro de 2021 registou-se a reentrada de 3 satélites, de 1 estágio superior e o regresso de um veículo.

Obviamente, outros objectos reentraram na atmosfera neste período, no entanto, os objectos aqui listados são apenas os objectos principais resultantes de cada lançamento orbital (cargas operacionais e estágios superiores), excluindo-se os objectos classificados como detritos ou mesmo aqueles descartados a partir da estação espacial internacional (exceptuando, claro está, os satélites operacionais) e a partir de satélites operacionais e que são usualmente classificados como ‘detritos espaciais’.

O veículo de carga Dragon SpX-21 (47233 2020-093A) que levou a cabo a missão logística CRS-21 à estação espacial internacional, regressou à Terra a 14 de Janeiro de 2021 após uma missão de 39 dias. O Dragon SpX-21 havia sido lançado a 6 de Dezembro de 2020 pelo foguetão Falcon 9-101 (B1058.4) a partir do Complexo de Lançamento LC-39A do Centro Espacial Kennedy.

O veículo de carga Cygnus NG-14 ‘SS Kalpana Chawla’ que levou a cabo a missão logística CRS-14 à estação espacial internacional, reentrou na atmosfera terrestre a 26 de Janeiro após uma missão de 115 dias. O Cygnus NG-14 havia sido lançado a 3 de Outubro de 2020 pelo foguetão Antares-230+ (2TRS2S1.13) a partir da Plataforma de Lançamento LP-0A do MARS Wallops Isl.

O último estágio (45861 2020-044B) do foguetão lançador Shaviyt-2 que foi utilizado para colocar em órbita o satélite Ofeq-16, reentrou na atmosfera a 27 de Janeiro. O lançamento fo Ofeq-16 teve lugar a 6 de Julho de 2020.

O satélite de comunicações Telkom-3 (38744 2012-044A) reentrou na atmosfera a 5 de Fevereiro. O Telkom-3 foi lançado a 6 de Agosto de 2012 pelo foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (5113656743 93531/99532) a partir da Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81 do Cosmódromo de Baikonur, mas devido a um problema com o estágio Briz-M foi deixado numa órbita mais baixa do que o previsto. A reentrada ocorre 3.105 dias após o lançamento.

O veículo de carga Progress MS-15 (45937 2020-050A) – a imagem em cima mostra a reentrada do veículo visto desde a ISS – reentrou na atmosfera a 9 de Fevereiro, 201 dias após o seu lançamento a 23 de Julho de 2020.

Imagem: Roscosmos



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post