Progress M-UM separa-se da ISS

Às 2303UTc do dia 22 de Dezembro, o compartimento de instrumentação do veículo Progress M-UM separou-se do módulo Prichal da estação espacial internacional e após cinco horas e meia de voo independente, reentrou na atmosfera terrestre. Os restos do veículo que terão resistido à reentrada atmosférica terão caído numa zona pre-determinada no Oceano Pacífico.

O processo de remoção orbital foi iniciado às 0345:36UTC, com o motor principal a ser accionado durante 13 minutos para executar a retro-travagem, criando um impulso de 125 m/s e iniciando a reentrada atmosférica. O impacto no Oceano Pacífico dos restos do Progress M-UM terá ocorrido pelas 0430UTC a cerca de 2.460 km da cidade de Wellington.

O Progress M-UM (Прогресс М-УМ) foi uma adaptação de um veículo Progress-M que foi utilizado no lançamento do módulo Prichal (Причал). Basicamente, o seu compartimento de instrumentação estava conectado ao módulo através de um compartimento de transição desenvolvido pera o efeito.

O lançamento do módulo Prichal teve lugar a 24 de Novembro de 2021.

Os tripulantes russos da estação espacial internacional, Anton Shkaplerov e Petr Dubrov, irão desactivar o módulo Prichal. A 19 de Janeiro de 2022 está prevista a realização de uma actividade extraveícular para a instalação de antenas e alvos na superfície exterior do Prichal que serão necessárias para a acoplagem dos veículos Soyuz MS e Progress MS. Segundo o plano actual, a primeira acoplagem no módulo Prichal deverá ocorrer a 18 de Março com a Soyuz MS-21.

Imagens: Roscosmos



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post