Preparativos para o lançamento da Soyuz MS-11 (I)

No Cosmódromo de Baikonur decorrem os preparativos para o lançamento da missão espacial tripulada Soyuz MS-11 que tem como objectivo transportar três novos elementos para a tripulação permanente da Expedição 57/58 a bordo da estação espacial internacional.

Os seis elementos que compõem as duas tripulações da Soyuz MS-11 chegaram ao Cosmódromo de Baikonur no dia 19 de Novembro de 2018. As duas tripulações viajaram, como é usual, em aviões separados, evitando assim a perda das duas tripulações em caso de acidente.


As duas tripulações foram recebidas por representantes do Centro de Treino de Cosmonautas ‘Yuri Gagarin’, por representantes da Corporação RKK Energia, por representantes da Corporação Roscosmos, por representantes da NASA e por dignatarios da cidade de Baikonur. Após as apresentações formais e após saudarem dezenas de estudantes presentes no aeroporto, as duas tripulações foram transportadas para o hotel onde permanecerão durante a estadia no cosmódromo.

No dia 20 de Novembro foi iniciada a fase final do treino para o voo para a estação espacial internacional. Os cosmonautas e astronautas experimentaram os seus fatos de voo pressurizados Sokol-KV que são utilizados nas fases mais dinâmicas das missões, nomeadamente durante o lançamento, acoplagem, separação e regresso à Terra, além de serem utilizados nas manobras de transferência de porto de acoplagem quando necessárias. Os tripulantes ocuparam os seus respectivos lugares no interior da Soyuz MS-11 e testaram os sistemas de comunicação por rádio, o sistema de medição de distância por laser, familiarizaram-se com os arquivos de dados de bordo, estudaram o programa de voo e tomaram conhecimento da lista de cargas a bordo.

Durante as sessões de treino finais são também levadas a cabo sessões de treino de aproximação manual à ISS, tomam conhecimento dos instrumentos científicos que irão utilizar na missão, levam a cabo sessões de treino das operações balísticas durante a missão e executam outros procedimentos preparatórios para o voo.

Neste mesmo dia, a Comissão Técnica levou a cabo uma reunião no final da qual foi tomada a decisão de se proceder ao abastecimento da Soyuz MS-11 com prepolentes e gases de pressurização necessários para as suas manobras orbitais.

No dia 21 de Novembro foi levada a cabo a cerimónia protocolar do içar das bandeiras dos países participantes nesta missão juntamente com a bandeira do Cazaquistão em frente das instalações. Esta é uma velha tradição que assinala o início da fase final do treino antes de uma missão espacial tripulada. No evento estiveram presentes representantes da Corporação Roscosmos e do Centro de Treino de Cosmonautas ‘Yuri Gagarin, além de representantes da cidade de Baikonur.

Após a cerimónia do içar das bandeiras os membros da tripulação suplente fizeram uma visita à cidade de Baikonur passando por alguns locais de homenagem a figuras do programa espacial Russo, tendo depois visitado o Museu de Baikonur.

A tripulação principal da Soyuz MS-11 é composta pelo cosmonauta Russo, Oleg Dmitriyevich Kononenko (Comandante da Soyuz MS-11 e que fará o seu quarto voo espacial orbital), pelo astronauta Canadiano, Dadiv Saint-Jacques (Engenheiro de Voo n.º e que fará o seu primeiro voo espacial orbital) e pela astronauta Norte-america, Anne Charlotte McClain (Engenheira de Voo n.º 2 e que fará o seu primeiro voo espacial orbital). Por seu lado, a tripulação suplente é composta pelo cosmonauta Russo, Alexander Alexandrovich Skvortsov (Comandante), pelo astronauta Italiano, Luca Salvo Parmitano (Engenheiro de Voo n.º 1) e pelo astronauta Norte-americano, Andrew Richard Morgan (Engenheiro de Voo n.º 2).

Oleg Kononenko, Dadiv Saint-Jacques e Anne McClain irão fazer parte da Expedição 57 da qual já fazem parte Alexander Gerst (Alemanha, Comandante),  Sergei Valerievich Prokopyev (Rússia, Engenheiro de Voo n.º 2) e Serena Maria Auñón-Chancellor (EUA, Engenheira de Voo n.º 3). Mais tarde, Oleg Kononenko irá assumir o comando da Expedição 58 da qual farão parte (para além de Dadiv Saint-Jacques e Anne McClain) Oleg Ivanovich Skripochka (Rússia, Engenheiro de Voo n.º 4), Christina Marie Hammock-Koch (EUA, Engenheira de Voo n.º 5) e Tyler Nicklaus Hague (EUA, Engenheiro de Voo n.º 6) – que serão lançados a bordo da Soyuz MS-12 a 5 de Abril de 2019. Gerst, Prokopyev e Auñón-Chancellor regressarão à Terra a 20 de Dezembro de 2018.

O lançamento do veículo  11F732A48 n.º 741, que receberá a designação Soyuz MS-11, está previsto para ter lugar às 1131UTC do dia 3 de Dezembro de 2018 e será levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (N15000-069) a partir da Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 ‘Gagarinskiy Start’ do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Imagens: RKK Energia e Roscosmos

 

%d blogueiros gostam disto: