Pegasus-XL lança Odyssey

O pequeno satélite Odyssey foi colocado em órbita a 13 de Junho de 2021 na missão TacRL-2 lançada por um foguetão Pegasus-XL transportado na fase inicial da missão pelo avião L-1011 “Stargazer”. O lançamento teve lugar às 0811:05UTC.

O L-1011 “Stargazer” levantou voo a partir da Base Aérea de Vandenberg, Califórnia, utilizando a Pista RW20/22.

O satélite Odyssey é um veículo de demonstração tecnológica para a Força Aérea dos Estados Unidos, sendo lançado no âmbito do Tactically Responsive Launch Program (TacRL).

A missão tem por objectivo determinar formas de encurtar os tempos de planeamento de uma missão espacial. O satélite foi desenvolvido em menos de um ano e ao fornecedor do lançador foi dado menos de 21 dias para se preparar para a missão.

O satélite foi construído por uma organização denominada “Space Safari” modelada à imagem do programa “Big Safari” da Força Aérea dos Estados Unidos que foi iniciado na Guerra Fria para o desenvolvimento de aeronaves para missões especiais. A carga foi construída tendo por base novos componentes que foram integrados numa nova plataforma de origem desconhecida. Uma vez construído, o satélite foi armazenado até Maio de 2021, quando foi designado para ser colocado em órbita.

O foguetão Pegasus-XL

Este foi o 60º lançamento de um foguetão da família Pegasus, sendo o 29º na configuração Pegasus-XL dos quais falharam 3 veículos.

O Pegasus-XL é um veículo de combustível sólido a três estágios (quatro estágios se considerarmos o avião L-1011 Stargazer como o estágio ‘0’) que pesa aproximadamente 23.130 kg, tendo um comprimento de 16,9 metros, um diâmetro de 1,27 metros e uma envergadura de asas de 6,7 metros. A fase inicial do voo é concretizada por um avião Lockheed L-1011 Stargazer que eleva o Pegasus-XL até uma altitude de 11,9 km e a uma velocidade de Mach 0,80. A ignição do motor do primeiro estágio ocorre 5s após a largada do L-1011. O sistema autónomo de orientação e de controlo de voo fornece a orientação necessária de forma a colocar as cargas numa diversa variedade de trajectórias.

O primeiro estágio (Pegasus-XL-1) tem um peso bruto de 17.934 kg e um peso de 2.886 kg sem combustível. Tem um comprimento de 8,9 metros, um diâmetro de 1,3 metros e uma envergadura de 6,7 metros. No vácuo produz uma força de 60.062 kgf, tendo um Ies de 293s e um tempo de queima de 73s. Está equipado com um motor e combustível sólido que tem um peso bruto de 17.934 kg, um diâmetro de 1,3 metros e um comprimento de 8,9 metros. Todos os motores a combustível sólido do Pegasus-XL são desenhados, optimizados e construídos pela Alliant Techsystems, especificamente para este lançador.

O segundo estágio (Pegasus-XL-2) tem um peso bruto de 4.331 kg e um peso de 416 kg sem combustível, tendo um comprimento de 3,6 metros, um diâmetro de 1,3 metros e uma envergadura de 1,3 metros. No vácuo o seu motor a combustível sólido (com um peso de 4.331 kg, um diâmetro de 1,3 metros, um comprimento de 3,6 metros e uma câmara de combustão) produz uma força de 15.653 kgf, tendo um Ies 290s e um tempo de queima de 73s.

Finalmente o terceiro estágio (Pegasus-3) tem um peso bruto de 985 kg e um peso de 203 kg sem combustível, tendo um comprimento de 2,1 metros, um diâmetro de 1,0 metro e uma envergadura de 1,0 metro. No vácuo o seu motor a combustível sólido Orion-38 (com um peso de 985 kg, um diâmetro de 1,0 metro, um comprimento de 2,1 metros e uma câmara de combustão) produz uma força de 3.525 kgf, tendo um Ies 293s e um tempo de queima de 65s.

Dados estatísticos e próximos lançamentos

– Lançamento orbital: 6075

– Lançamento orbital EUA: 1747 (28,76%)

– Lançamento orbital desde Vandenberg AFB: 704 (11,59% – 40,30%)

 

Os próximos lançamentos orbitais previstos são (hora UTC):

6075 – 15 Jun (1030:??) – Minotaur-I – MARS Wallops Ils., LP-0B – NROL-111

6076 – 17 Jun (1609:00) – Falcon 9-121 (B1062.2) – Cabo Canaveral SFS, SLC-40 – GPS III SV05 ‘Neil Armstrong’

6077 – 17 Jun (0117:??) – Chang Zheng-2F/G (Y12) – Jiuquan, LC43/91 – Shenzhou-12

6078 – 17 Jun (0655:??) – Chang Zheng-2C – Xichang, LC3 – Yaogan Grupo-09 (x3)

6079 – 23 Jun (1730:??) – Boeing-747-400 “Cosmic Girl”/LauncherOne (F3 “Tubular Bells, Part One”) – Mojave ASP, RW12/30 – DIU (x3) (STP-VP27A), BRIK-II, STORK-4, STORK-5 (MARTA)



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post