Os últimos lançamentos orbitais de 2022

Até ao final de 2022 espera-se a realização de quatro lançamentos orbitais, finalizando assim um ano recorde.

O ano de 2022 bateu todos os recordes no que se refere ao total de lançamentos orbitais realizados. Até esta data, foram realizados 182 lançamentos orbitais, dois quais 7 não conseguiram atingir a órbita terrestre. O anterior recorde havia sido estabelecido em 1967 quando se realizaram 139 lançamentos orbitais.

Assim, o que nos espera até ao final de 2022? Actualmente existem três datas avançadas onde poderão ocorrer lançamentos orbitais.

A 28 de Dezembro, a SpaceX deverá colocar em órbita um novo grupo de satélites Starlink. Esta será a missão Starlink G5-1 que irá transportar 54 satélites para uma órbita polar e cujo lançamento está previsto pelas 0900UTC a partir do Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral SFS, Florida., utilizando o foguetão Falcon 9-193 (B1062.11). O primeiro estágio será recuperado numa das plataformas flutuantes ao largo da Florida no Oceano Atlântico.

O satélite de observação da Terra EROS C3-1, da empresa israelita ImageSat International (ISI), será colocado em órbita pela SpaceX a 29 de Dezembro, pelas 0658UTC. Baseado na plataforma OPTSAT-3000 (IMPS-2) desenvolvida pela Israel Aerospace Industries, será utilizado para a obtenção de imagens de alta resolução da superfície da Terra com possíveis aplicações militares. O lançamento será realizado pelo foguetão Falcon 9-194 (1061.11) a partir do Complexo de Lançamento SLC-3E da Base das Forças Espaciais de Vandenberg, Califórnia, e o primeiro estágio será recuperado na zona de aterragem LZ-4, em Vandenberg.

O último lançamento orbital de 2022 deverá ter lugar a 30 de Dezembro, pelas 0600UTC, com a China a colocar em órbita os satélites de navegação Beidou-3 MEO-25 e Beidou-3 MEO-26, com o lançamento a ser realizado por um foguetão Chang Zheng-3B/YZ-1 a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang.

É possível que a China ainda realize outro lançamento orbital na última semana de 2022. Um foguetão Chang Zheng-4C poderá ser lançado desde o Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, transportando o satélite meteorológico Fengyun-3F.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post