OneSpace falha lançamento do Lingque-1B

A segunda tentativa de lançamento orbital de uma empresa privada chinesa ocorreu a 27 de Março de 2019, com o veículo de lançamento OS-M1 Chongqing da OneSpace Tech a falhar o lançamento do pequeno satélite de demonstração de tecnologia Lingque-1B a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. O lançamento ocorreu pelas 0939UTC.

A falha ocorreu após a separação entre o primeiro e o segundo estágio, com a perda de atitude do segundo estágio.


A investigação preliminar mostrou a ocorrência de uma avaria num giroscópio de velocidade no segundo estágio a T+45,68 segundos, o que levou à perda de controlo de atitude do veículo.

A OneSpace Tech.

Em 2014, a China começou a incentivar o capital privado nas indústrias de satélites e de vôos espaciais e, em 2015, o Presidente Xi promoveu a “Integração Militar e Civil” a um nível estratégico nacional, com o governo chinês a solicitar opiniões sobre a legislação da indústria espacial comercial. As políticas para a indústria espacial comercial chinesa foram então abertas gradualmente, e o capital privado começou a entrar nessa área específica, o que levantou uma nova tendência de desenvolvimento da indústria do espaço comercial.

A OneSpace Tech foi fundada em Agosto de 2015 com três sectores principais de negócios, começando com o desenvolvimento do veículo de lançamento comercial da série M para fornecer serviço de lançamento de alta frequência, baixo custo e alta qualidade para clientes de micro e pequenos satélites; o desenvolvimento da plataforma de testes de voo da série X que oferece soluções personalizadas para pesquisa científica e transporte; e o desenvolvimento de produtos eléctricos e de propulsores para o fornecimento de serviços de suporte e personalização.

A sede da OneSpace e o centro de pesquisa e de investigação estão localizados em Pequim. O centro de pesquisa e desenvolvimento, e a base de fabrico e montagem, está localizada em Chongqing, com as instalações de teste de motores de foguetão localizadas na província de Jiangxi e na província de Shanxi.

Em Fevereiro de 2017, foi fundada a OneSpace Chongqing e, em Maio daquele ano, o governo municipal de Chongqing também investe na empresa. Em Dezembro, a OneSpace conduz com sucesso um teste estático do motor de foguetão de propelente sólido desenvolvido pela empresa. No mês seguinte, ocorre um teste bem-sucedido de um motor de controle de atitude utilizando combustível líquido.

O lançamento inaugural do foguetão suborbital OS-X – OS-X0 – designado “Chongqing Liangjiang Star”, ocorre a 17 de Maio de 2018. O foguete de 7 metros de altura e 7.200 kg é capaz de atingir uma altitude de 38,7 quilómetros com uma velocidade máxima de 5,7 vezes a velocidade do som. Em Julho, o motor principal do primeiro estágio da série M foi testado com sucesso, e um segundo lançamento suborbital OS-X – OS-X1 – foi realizado com sucesso em 7 de Setembro.

Os veículos de lançamento do OS-M

Os foguetões da série OS-M têm como objetivo fornecer serviço de lançamento para pequenos e micro satélites, oferecendo aos clientes serviços de lançamento com eficiência, fiabilidade e rapidez em resposta a um preço competitivo. Os lançadores fornecem soluções personalizadas e integradas para atender às diversas necessidades de órbita e altitude dos clientes.

O OS-1M é um veículo de lançamento orbital de três estágios de combustível sólido, capaz de colocar uma carga de 205 kg a 300 km de altitude ou de 73 kg a 800 km de altura em SSO.

Os foguetes OS-M podem usar motores de foguete sólidos desmilitarizados de mísseis aposentados. O primeiro estágio tem um bocal fixo com pás de impulso e aletas direccionáveis, enquanto o segundo estágio, que é idêntico ao primeiro estágio, usa apenas palhetas de empuxo e nenhuma aleta. Idêntico ao protótipo do veículo de lançamento OS-X, o terceiro estágio usa apenas palhetas de empuxo.

Além do OS-M1, a OneSpace está desenvolvendo as versões OS-M2 e OS-M4. O OS-M2 é semelhante ao OS-M1, mas possui dois propulsores laterais. A versão Block A será capaz de elevar 390 kg para LEO e 204 kg para 800 km SSO, enquanto o Block B será capaz de elevar 505 kg para LEO e 274 kg para 800 km SSO. O OS-M4 possui quatro propulsores laterais com a versão Block A a ser capaz de elevar 552 kg para LEO e 307 kg a 800 km SSO, enquanto o Block B será capaz de elevar 748 kg para LEO e 446 kg para 800 km SSO.

Os pequenos satélites Lingque-1

Desenvolvido pelo ZeroG Lab, os satélites Lingque-1 são usados ​​como demonstradores para a constelação de sensoriamento remoto Magpie.

A Magpie Constellation será composto por 132 CubeSat-6U com resolução óptica melhor que 4 metros e, eventualmente, 378 satélites para fornecer passagens sobre regiões a cada 10 minutos. O primeiro satélite de demonstração, o Lingque-1A, foi lançado em 21 de Janeiro de 2019, usando um veículo sólido de lançamento do Long March-11.

Dados estatísticos e próximos lançamentos

– Lançamento orbital: 5823

– Lançamento orbital EUA: 1657 (28,46%)

– Lançamento orbital desde Máhia: 5 (0,09% – 0,03%)

Os quadro seguinte mostra os lançamentos previstos e realizados em 2019 por polígono de lançamento.

Os próximos lançamentos orbitais previstos são (hora UTC):

5824 – 27 Mar (2230:00) – Electron/Curie (F5) – Máhia, LC-1 – R3D2

5825 – 30 Mar (1630:04) – CZ-3B Chang Zheng-3B/G2 – Xichang, LC2 – TL-2 Tianlian-2-01

5826 – 01 Abr (0357:00) – PSLV-QL (PSLV-C45) – Satish Dawan SHAR, FLP – EMISat, Flock-4a (1) a Flock-4a (20), Lemur-2 (x4), BlueWalker-1, M6P, Aistechsat-3 (Danu Pathfinder), Astrocast-2

5827 – 04 Abr (1101:00) – 14A14-1A Soyuz-2.1a – Baikonur, LC31 PU-6 – Progress MS-11 (ISS-72P)

5828 – 04 Abr (1631:00) – 372RN21B Soyuz-ST-B/Fregat-MT (VS22) – O3b FM17, O3b FM18, O3b FM19, O3b FM20

 

%d blogueiros gostam disto: