Nova cápsula espacial da China regressa à Terra a 8 de Maio

Segundo as autoridades chineses, a nova cápsula espacial está a operar como esperado em órbita e realizou várias manobras orbitais.

Lançada a 5 de Maio de 2020 e designada na imprensa como Xinyidai Zairen Feichuan – Shiyan Chuan, devendo receber uma designação oficial após o regresso à Terra, a nova cápsula abriu os seus painéis solares e as experiências a bordo.

A cápsula foi desenvolvida pela Academia Chinesa de Tecnologia Espacial em Pequim e tem uma massa de 21.600 kg, tendo uma forma cónica com um diâmetro de 3,3 metros e um comprimento de 3,0 metros. O seu módulo de serviço tem um comprimento de 5,8 metros e um diâmetro de 3,3 metros.

A cápsula foi colocada numa órbita inicial com um perigeu a 162 km de altitude, apogeu a 377 km e inclinação orbital de  41,1.º. Após o seu primeiro dia em órbita e após a realização das suas primeiras manobras orbitais, o novo veículo encontrava-se numa órbita com um perigeu a 299 km de altitude, apogeu a 719 km e inclinação orbital de  41.º. A 7 de Maio o veículo encontrava-se numa órbita com um perigeu a 319 km de altitude, apogeu a 4.971 km e inclinação orbital de  41.º, tendo levado a cabo um total de seis manobras orbitais até às 0100UTC do dia 7. A tabela seguinte mostra os parâmetros orbitais nos últimos dias.

Data Perigeu

(km)

Apogeu

(km)

Inclinação orbital

(º)

Período orbital

(minutos)

5 de Maio 162 377 41,088 89,905
5 de Maio 227 614 41,121 92,981
5 de Maio 299 714 41,098 94,750
5 de Maio 299 719 41,100 94,800
6 de Maio 318 4.978 40,976 142,236
6 de Maio 321 4.980 41,099 142,291
6 de Maio 320 4.971 41,087 142,175
7 de Maio 319 4.971 41,088 142,176

Parâmetros orbitais da nova cápsula espacial da China (45599 2020-027A). Dados: Phil Clark.

A nova cápsula deverá regressar à Terra pelas 0530UTC do dia 8 de Maio, estando a aterragem prevista em Dongfeng nas imediações do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: