Noites no Observatório – A Lua…aqui tão perto

Aqui tão perto, a Lua acompanha-nos sempre. Nas noites serenas de luar, é difícil imaginar que ela é o resultado de uma colisão cataclísmica, que a arrancou à Terra há 4,5 mil milhões de anos.

E se o nosso único satélite natural tiver sido determinante no advento da Vida na Terra, será que afinal lhe devemos também a nossa existência?

Hoje vive-se uma segunda “corrida à Lua”, e está a ser planeada uma colónia permanente para humanos na Lua. Porquê tanto interesse no nosso satélite natural? Porque, a primeira pegada deixada por Neil Armstrong há 50 anos foi o primeiro passo do salto para outros mundos: Marte… e mais além…

A sessão, apresentada por Pedro Machado, terá início com a palestra às 21:30 do dia 30 de Novembro de 2019 e terá lugar no Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva. Após a palestra haverá um pequeno espectáculo de música e efeitos na cúpula do Planetário. As observações astronómicas decorrerão em contínuo ao longo da noite, até às 24:00.

Texto e imagem: Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

%d blogueiros gostam disto: