NASA e Orbital ATK testam propulsor sólido para o SLS

QM-1

A NASA e a Orbital ATK testaram um propulsor sólido que no futuro irá permitir as viagens a asteróides e possivelmente a Marte.

O teste Qualification Test-1 (QM-1) teve lugar às 1530UTC do dia 11 de Março de 2015 nas instalações de ensaios e testes T-97 localizadas em Promontory, Utah, e utilizou um propulsor lateral de combustível sólido com cinco segmentos.


O teste teve como objectivo testar o mais potente propulsor lateral, procurando-se atingir 102 objectivos através da análise realizada por 531 canais de instrumentação. Antes do teste o propulsor foi pré-aquecido a uma temperatura de 32ºC antes da sua activação para assim determinar o seu desempenho a altas temperaturas. O teste QM1 teve também como objectivo garantir que o propulsor atingia os seus requisitos de balística.

Image00002

Image00001

Vídeo da transmissão integral do teste por parte da NASATV (o teste propriamente dito tem início a 42:26)

De notar que os propulsores laterais de combustível sólido utilizados com o vaivém espacial eram compostos por quatro segmentos, enquanto que o propulsor utilizado no teste QM-1 é composto por cinco segmentos. Sendo 25% maior com a adição de um quinto segmento, o propulsor é assim mais potente.

Um segundo teste, QM-2, será realizado em 2016.

Imagens: NASA / Orbital ATK

 

%d blogueiros gostam disto: