Minotaur-IV lança quatro satélites desde Wallops Island

Um foguetão Minotaur-IV foi pela primeira vez lançado desde o MARS Wallops Island colocando em órbita quatro satélites na missão NROL-129.

O lançamento teve lugar às 1346UTC do dia 15 de Julho de 2020 e foi levado a cabo a partir da Plataforma de Lançamento LP-0B.

A bordo da missão NROL-129 seguiram quatro satélites militares cujas especificações não foram divulgadas pelo National Reconnaissance Office (NRO). Os quatro satélites foram projectados, construídos e serão operados pelo NRO. De forma geral, a missão NROL-129 tem como objectivo auxiliar o NRO a fornecer os serviços dados de inteligência aos decisores políticos dos Estados Unidos, à Comunidade de Inteligência (isto é, serviços de informações militares) e ao Departamento de Defesa.

O NRO é um elemento da comunidade de inteligência e uma organização do Departamento de Defesa responsável pelo desenvolvimento, aquisição, lançamento e operação dos satélites de reconhecimento dos Estados Unidos, bem como leva a cabo a operação das instalações de processamento de dados utilizadas no apoio à segurança nacional dos EUA. Ao utilizar os dados obtidos pelo NRO, a Agência de Segurança Nacional, a Agência Nacional de Inteligência Geoespacial, e outros parceiros do NRO produzem produtos de inteligência (informações vitais de segurança) para o Presidente, Congresso, decisores políticos nacionais, serviços militares e utilizadores civis.

O NRO utiliza uma variedade de satélites para cumprir a sua missão – desde pequenos satélites até veículos mais «tradicionais». Isto permite ao NRO perseguir uma arquitectura híbrida para fornecer uma cobertura global de requisitos de inteligência de larga escala, levar a cabo esforços de investigação e desenvolvimento, e apoiar os esforços de emergência e mitigação de de desastres tanto no território continental dos Estados Unidos como em todo o mundo.

O foguetão Minotaur-IV

O Minitaur-IV é baseado no míssil balístico intercontinental Peacekeeper que foi retirado de serviço ao abrigo dos tratados de redução de armas estratégicas.

A combinação de três estágios a combustível sólido governamentais, um motor a combustível sólido comercial e os processos e sistemas de voo, proporcionam uma mistura de valor e performance. A integração de motores governamentais com motores comerciais e com uma arquitectura tecnológica única, é uma das características que se alarga por várias décadas, incluindo a utilização do primeiro estágio do míssil Peacekeeper.

Para o foguetão Minotaur-IV são utilizados sistemas aviónicos standard, bem como o software de voo e subsistemas que são integrados numa Guidance Control Assembly (GCA) que também incorpora o quarto estágio de propulsão sólida. Este estágio é o mesmo motor Orion-38 utilizado no Minotaur-I, Pegasus e Taurus, e outros lançadores da Northrop Grumman Innovation Systems. Está também disponível o motor Star-48V para uma performance adicional na configuração Minotaur-IV+.

A família de lançadores Minotaur é fornecida através do programa Orbital/SuborbitalProgram 2 (OSP-2) e é gerida pela U.S. Air Force Space and Missile Systems Center (SMC), Space Development and Test Wing’s (SDTW) Launch Test Squadron (LTS) localizado na Base Aérea de Kirtland, Novo México.

O Minotaur-IV é capaz de colocar uma carga de 1.735 kg numa órbita terrestre baixa com uma inclinação de 28,5.º (185 km). Utilizando o motor Star-48V no quarto estágio, o lançador é capaz de colocar uma carga de 2.000 kg numa órbita terrestre baixa e realizar missões para órbitas mais elevadas.

O Minotaur-IV tem um comprimento de 23,88 metros, uma largura de 2,34 metros e uma massa de 86.300 kg. O primeiro estágio, SR-118, utiliza combustível sólido e é capaz de desenvolver 2.200 kN. O segundo estágio a combustível sólido (SR-119) desenvolve uma força de 1.365 kN, tendo um Tq de 54 s. Por seu lado, o terceiro estágio, SR-120, desenvolve uma força de 329 kN tendo um Tq de 62 s. O estágio Orion-38 (quarto estágio regular) desenvolve uma força de 32,2 kN e tem um Tq de 67,7 s. O estágio Star-48V (Minotaur-IV+) desenvolve uma força de 68,6 kN e tem um Tq de 84,1 s.

O Minotaur-IV/Orion-38 é uma versão com um motor de propelente sólido adicional Orion-38 como quinto estágio que permite os lançamentos para órbitas com baixa inclinação a partir do Cabo Canaveral AFS. Esta versão foi projectada especialmente para a missão ORS-5 levada a cabo a 26 de Agosto de 2017.

Dados estatísticos e próximos lançamentos

– Lançamento orbital: 5959

– Lançamento orbital EUA: 1697 (28,48%)

– Lançamento orbital desde MARS Wallops Island: 47 (0,79% – 2,77%)

Os quadro seguinte mostra os lançamentos previstos e realizados em 2020 por polígono de lançamento.

Os próximos lançamentos orbitais previstos são (hora UTC):

5960 – 16 Jul (2043:??) – H-2A/202 (F42) – Tanegashima, Yoshinubo LP1 – Al-Amal

5961 – 19 Jul (2100:??) – Falcon 9-90 (B1058.2) – Cabo Canaveral AFS, SLC-40 – Anasis-II

5962 – 20 Jul (????:??) – Kodiak PSC, LPB – Rocket v3.0 (‘Launch “1 of 2″‘) – ???

5963 – 23 Jul (1426:??) – 14A14-1A Soyuz-2.1a (Ya15000-040) – Baikonur, LC31 PU-6 – Progress MS-15

5964 – 25 Jul (2319:??) – Falcon 9-091 – Cabo Canaveral AFS, SLC-40 – SAOCOM-1B, Capella-2 (Sequoia), GNOMES-1



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post