Kerbal inclui Ariane 5 e missões reais da ESA para jogadores

No dia 1 de Julho, os entusiastas do Programa Espacial Kerbal receberão uma actualização gratuita do seu simulador espacial para construir um foguetão Ariane-5 e enfrentar missões reais da ESA em ‘Shared Horizons’.

A editora Private Division e o programador Squad fizeram uma parceria com a ESA para oferecer aos jogadores a oportunidade de mergulhar completamente em duas actividades principais da ESA: construir e lançar foguetões europeus e explorar a nossa vizinhança celestial.

Shared Horizons apresenta todos os estágios, motores e sistemas do veículo de lançamento Ariane-5 da Europa, para que os jogadores possam construir uma réplica perfeita, recombinar os estágios de qualquer maneira criativa que desejarem ou criar um híbrido imaginário usando uma combinação de peças de vários tipos de foguetões.

Depois do foguetão ser lançado, os jogadores podem navegar em dois novos cenários, com base em algumas das missões científicas de renome da Europa – o explorador de Mercúrio BepiColombo e o caçador de cometas, Rosetta.

Kerbal and ESA partnership launch

O Programa Espacial Kerbal é um aclamado jogo de simulação baseado em física que foi lançado pela primeira vez em 2015. Nesta actualização, os entusiastas do espaço assumem o comando e reencenam estas duas missões, do lançamento à aterragem no mundo de uma raça alienígena conhecida como Kerbals. Todos os aspetos do jogo são baseados em física aerodinâmica e orbital realista.

O Programa Espacial Kerbal já foi uma inspiração para toda uma geração de futuros engenheiros e cientistas, portanto, a introdução deste nível de realismo levá-los-á realmente ao próximo nível,” acrescentou Daniel Neuenschwander, Director de Transporte Espacial da ESA. “E o elemento criativo de poder construir tão livremente é um aspecto fantástico. Estou realmente ansioso para ver as maneiras inovadoras pelas quais os jogadores abordarão o design dos seus novos serviços de transporte espacial.”

Os jogadores podem montar o seu foguetão e qualquer outra coisa que precisem para a sua missão a partir de uma Sandbox actualizada de peças, vestir os seus astronautas Kerbal com um fato espacial com tema da ESA e realizar várias tarefas científicas da verdadeira missão da ESA.

O primeiro novo cenário é baseado na BepiColombo, uma missão conjunta em andamento entre a ESA e a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), lançada num foguetão Ariane -m 2018 e, actualmente, a caminho de Mercúrio. O cenário do jogo recria a primeira missão da Europa no planeta mais interno do Sistema Solar para cartografar a sua superfície e magnetosfera, para investigar os fascinantes mistérios sobre este corpo celeste queimado. Os jogadores tentam orbitar e aterrar em Moho, o equivalente a Mercúrio no ‘universo Kerbal’, enquanto executam várias tarefas científicas da missão actual da ESA/JAXA.

Rosetta, o segundo novo cenário do popular jogo, presta homenagem à missão icónica da ESA no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Lançada em 2004, também num foguetão Ariane 5, Rosetta viajou pelo Sistema Solar durante dez anos antes de chegar ao seu destino, um cometa da família Júpiter, lançando Philae na sua superfície e estudando o famoso cometa de dois lóbulos a partir da órbita, durante mais de dois anos. A missão reuniu grandes quantidades de dados enquanto o cometa girava em torno do Sol, ajudando os cientistas a aprender mais sobre o papel destes intrigantes objetos na evolução do Sistema Solar.

Aqui na ESA, muitos dos nossos engenheiros e cientistas estão muito familiarizados com o Programa Espacial Kerbal,” comentou Günther Hasinger, Director de Ciências da ESA. “Tanto a Rosetta como a BepiColombo são missões altamente complexas que têm desafios específicos, mas provam ser muito gratificantes para a ESA e a comunidade científica global. Por este motivo, estou muito feliz que estas missões científicas inovadoras possam ser experimentadas tanto em Kerbin como na Terra.”

Ariane-5 é o veículo de lançamento de cargas pesadas da Europa que está em operação desde 1996 no Porto Espacial da Europa e lançou muitas missões científicas inovadoras.

O Programa Espacial Kerbal oferece três modos de jogo. No Sandbox Mode, os jogadores podem construir qualquer aeronave, com todas as peças e tecnologias do jogo. O Science Mode permite que os jogadores realizem experiências espaciais para desbloquear novas tecnologias e avançar no conhecimento de ‘Kerbalkind’. O Career Mode também supervisiona todos os aspectos do programa espacial, incluindo construção, estratégia, financiamento, actualizações e muito mais.

Estamos entusiasmados em fazer parceria com a ESA para trazer, pela primeira vez, as suas missões e naves espaciais reais ao Programa Espacial Kerbal,” acrescentou Michael Cook, Produtor Executivo da Private Division. “É uma honra trabalhar de mãos dadas com uma organização espacial de classe mundial e não podemos esperar que os fãs vivenciem estas missões monumentais com a actualização da Shared Horizons.”

A actualização do Programa Espacial Kerbal: Shared Horizons estará disponível para PC no dia 1 de Julho, com o lançamento para consolas planeado ainda este ano. A actualização gratuita do Shared Horizons requer o jogo base do Kerbal Space Program. Visite kerbalspaceprogram.com para obter os detalhes mais recentes.

Notícia e imagens: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: