Fuga detectada na Soyuz MS-22

Uma fuga de líquido de refrigeração foi detectada na cápsula espacial Soyuz MS-22 que se encontra acoplada à estação espacial internacional.

A fuga foi detectada a 15 de Dezembro enquanto dois cosmonautas se preparavam para uma actividade extraveícular.

As imagens divulgadas mostram uma grande quantidade de líquido de refrigeração (Isooctan LZ-TK-2) a vazar para o espaço. Esta situação levou ao adiamento da actividade extraveícular que estava prevista.

A Soyuz MS-22, lançada a 21 de Setembro de 2022, e actualmente serve como veículo de salvamento / regresso de parte da tripulação permanente da ISS.

A Roscosmos estará a analisar a situação para determinar se procede à reparação da fuga ou se, em alternativa, lançará a Soyuz MS-23 sem tripulação para assim substituir o veículo danificado.

Desconhece-se a causa da fuga de líquido refrigerante.

Imagem: Katya Pavlushchenko (via Twitter)



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post