Ciência espacial em casa: recursos para crianças e adultos

Actualmente, com muitas pessoas em todo o mundo a ficar em casa, a ESA organizou uma selecção de actividades para passar o tempo e aprender mais sobre ciência espacial.

Astronomia do cadeirão

Pode começar com o ESASky, um portal de descoberta que fornece acesso total a todo o céu. Esta aplicação de ciência-aberta permite que usuários de computadores, tablets e dispositivos móveis visualizem objectos cósmicos próximos e distantes do espectro electromagnético – de raios gama a comprimentos de onda de rádio – como observado por muitas missões de ciência espacial, operadas pela ESA e outras agências, bem como por telescópios no solo.

Explore o cosmos com ESASky
Explore o cosmos com ESASky

Os usuários podem experimentar o ESASky através do modo Explorer, visualizando objectos aleatórios com o botão de dados, inserindo o nome do objecto favorito e navegando ao redor, e alternando comprimento de onda e/ou observatório; ou através do modo Ciência, que também permite que os usuários descarreguem dados relevantes e muito mais.

site Planetary Science Archive da ESA, a plataforma para cientistas que usam dados das missões planetárias da ESA para as suas pesquisas, também inclui uma interface de galeria visual para os usuários navegarem por imagens e outros produtos de dados.

Ciência cidadã

Uma actividade clássica para unir cientistas e apoiar as suas investigações em casa é a ciência cidadã, que permite que todos participem de investigações de ponta em vários campos das ciências, humanidades e muito mais. Existem muitos projectos de ciência cidadã disponíveis on-line, principalmente no The Zooniverse, a maior e mais popular plataforma do mundo para investigação com pessoas.

Um dos projectos mais famosos é o Galaxy Zoo, lançado em 2007 para convidar voluntários para apoiar os astrónomos na inspecção visual e classificação das formas das galáxias em imagens astronómicas. Envolveu centenas de milhares de voluntários, levando a dezenas de publicações baseadas na contribuição de cientistas cidadãos.

No ano passado, uma equipa de astrónomos, cientistas planetários e engenheiros de programação informática da ESA e de outros institutos de investigação lançou o Hubble Asteroid Hunter, um projecto de ciência cidadã que apresenta uma colecção de imagens de arquivo do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, onde cálculos indicam que um o asteróide poderia estar a atravessar o campo de visão no momento da observação.

Asteróide em primeiro plano a passar pela Nebulosa do Caranguejo, identificado por um dos voluntários do projeto Hubble Asteroid Hunter
Asteróide em primeiro plano a passar pela Nebulosa do Caranguejo, identificado por um dos voluntários do projecto Hubble Asteroid Hunter

Ao identificar os asteróides potencialmente presentes nessas imagens e marcar a posição exacta dos seus trilhos, os voluntários deste projecto movido pelo Zooniverse podem ajudar os cientistas a melhorar a determinação da órbita do asteróide e a caracterizar melhor esses objectos. Isto significa que podem determinar as órbitas e trajectórias futuras de asteróides conhecidos e previamente desconhecidos com maior precisão do que antes.

Exploração de estrelas na Via Láctea

$video.data_map.short_description.content
À espera de Gaia: uma série de entrevistas a cientistas que estão a trabalhar na criação e validação dos dados contidos no segundo lançamento de Gaia
Veja o vídeo

Outro recurso online para aprender mais sobre o nosso lugar no cosmos é o Star Mapper da ESA, uma visualização interactiva para explorar o céu, conforme medido pela missão Hipparcos. Hipparcos, que operou de 1989 a 1993, foi a primeira missão de astrometria espacial, obtendo medições precisas das posições, movimentos e distâncias de mais de 100 000 estrelas, e teve um grande impacto em muitas áreas de investigação em astronomia.

A sucessora de Hipparcos, a missão Gaia da ESA, foi lançada em 2013 e tem mapeado mais de mil milhões de estrelas com uma precisão sem precedentes. O primeiro e o segundo lançamento de dados de Gaia revolucionaram muitos campos da astronomia, e estão reservadas ainda muitas novas descobertas.

Os usuários podem explorar um subconjunto de dados do segundo lançamento de dados da missão por meio de outra visualização interactiva, o Gaia’s Stellar Family Portrait, e descobrir mais o diagrama Hertzsprung-Russell, uma ferramenta fundamental na astronomia para estudar a evolução das estrelas.

Além disso, também é possível investigar os dados do investigador de milhares de milhões de estrelas da ESA usando o Gaia Sky, um programa informático de visualização de astronomia em 3D em tempo real, desenvolvido no Astronomisches Rechen-Institut (Zentrum für Astronomie Heidelberg, Universidade de Heidelberg, Alemanha)). O Gaia Sky contém uma simulação do nosso Sistema Solar, uma visão dos dados do segundo lançamento de dados da missão Gaia e dados astronómicos e cosmológicos adicionais para visualizar aglomerados de estrelas, galáxias próximas, galáxias e quasares distantes e o Fundo de Microondas Cósmico.

Recursos espaciais para crianças

Novo site da ESA para crianças levanta voo!
Novo site da ESA para crianças levanta voo!

O site da ESA Kids, mantido pelo Gabinete de Educação da ESA, contém muitos materiais e actividades para entreter as crianças em casa enquanto as escolas estão fechadas, e aprender sobre ciência e espaço enquanto isso, incluindo um concurso mensal de desenho.

Para quem tem acesso a papel e impressora, há também a possibilidade de criar modelos de papel:

Por fim, pode encontrar abaixo uma selecção de vídeos animados, apresentando algumas das missões de ciência espacial da ESA, investigando planetas e outros corpos celestes no nosso Sistema Solar e mais além (estes vídeos estão disponíveis em vários idiomas).

$video.data_map.short_description.content
As incríveis aventuras de Rosetta e Philae
Veja o vídeo
Play

$video.data_map.short_description.content

As aventuras épicas do BepiColombo – Parte 1: para a plataforma de lançamento!
Veja o vídeo
Play

$video.data_map.short_description.content

Apresento-te o Cheops, o Satélite de Caracterização de Exoplanetas
Veja o vídeo
Play

$video.data_map.short_description.content

Paxi, a mascote da ESA, explora exoplanetas
Veja o vídeo
Notícia e imagens: ESA
Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: