China deverá realizar dois lançamentos orbitais a 13 de Dezembro

A China deverá realizar dois lançamentos orbitais a 13 de Dezembro, segundo dados fornecidos pelos avisos NOTAM entretanto publicados.

A ausência e o bloqueio de informações oficiais antes dos lançamentos orbitais realizados pela China, leva a que não se saiba com antecedência quais as cargas a ser colocadas em órbita nem quais os objectivos das missões.

Assim, o primeiro lançamento deverá ter lugar às 0200UTC a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, Mongólia Interior. Espera-se que um foguetão de combustível sólido Kuaizhou-1A coloque em órbita uma carga não especificada. Rumores apontam que este seja o lançador Kuaizhou-1A (Y16) e que a carga a bordo sejam os satélites de detecção remota GeeSat-1A e GeeSat-1B.

O segundo lançamento orbital da China a 13 de Dezembro deverá ter lugar pelas 1607UTC. Um foguetão da família de lançadores Chang Zheng-3B deverá ser lançado desde o Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, província de Sichuan. Desconhece-se a carga a bordo, podendo ser um satélite meteorológico (Fengyun) ou um satélite de detecção remota para a órbita geossíncrona.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post