CAS-10 colocado em órbita desde a estação espacial Tiangong

O satélite CAS-10 foi colocado em órbita a partir da estação espacial Tiangong no dia 18 de Dezembro de 2022.

O pequeno satélite foi ejectado a partir do veículo de carga Tianzhou-5 às 0130UTC, tendo sido transportado para a estação espacial a 12 de Novembro de 2022 a bordo daquele mesmo veículo.

O CAS-10 (Xiwang-4) é um CubeSat-8U (outras fontes indicam que se trata de um CubeSat-4U) que transporta um repetidor linear de rádio amador VHF para UHF para comunicações SSB. O satélite é uma missão que segue os passos do CAS-9, tendo uma massa de 12 kg e as suas dimensões são 228 x 455 x 100 mm.

Transporta uma ligação uplink VHF e uma ligação UHF linear com uma largura de banda de 30 kHz. Este repetidor irá funcionar todo o tempo durante o ciclo de vida do satélite, com os entusiastas do radioamadorismo a poderem usar o satélite para comunicações de rádio. A bordo segue também uma câmara cujas imagens serão armazenadas a bordo do satélite. Os radioamadores poderão enviar comandos DTMF para descarregar as fotografias armazenadas.

O CAS-10 transporta um farol CW para o envio de dados de telemetria, além de uma ligação de transmissão de telemetria GMSK AX.25 4,8k/9,6 kbps.

O satélite CAS-10 (Xiwang-4) é também designado Aomen Xuesheng Kepu 1 (澳门学生科普一号) e o seu desenvolvimento foi oficialmente iniciado em Dezembro de 2021 com o apoio do governo de Macau, da Secretaria de Ligação do Governo Central em Macau e da Administração Nacional Espacial da China.

O satélite foi desenvolvido em conjunto pelo Laboratório Estatal de Ciências Lunares e Planetárias da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau e pela Dongfanghong Satellite Aerospace.

O projecto permitiu aos estudantes participar no projecto bem como nas experiências científicas e de investigação através de uma parceria para promover a cooperação e interacção entre o território de Macau e as instituições nacionais chinesas no campo aeroespacial e da educação cientifica.

O está equipado com câmaras ópticas capazes de enviar imagens em tempo real a partir da órbita terrestre.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post