Astra falha lançamento da missão STP-27AD1 desde Kodiak

Astra Space Inc. levou a cabo o lançamento do seu foguetão Rocket-3.3 (LV0006) a partir do Kodiak Pacific Spaceport Complex pelas 2235UTC do dia 28 de Agosto de 2021. O lançamento teve lugar a partir do Complexo de Lançamento LP-3B.

Logo após deixar a plataforma de lançamento o veículo sofreu sérios problemas que o fizeram deslocar na horizontal. Porém, eventualmente o computador de bordo foi tentado corrigir os problemas e alinhar o veículo com o que seria a trajectória normal de voo. A missão seria finalizada ao terminar a queima do primeiro estágio com o lançador a ficar totalmente descontrolado, levando à sua destruição.

As imagens do lançamento mostram uma parte do dispositivo de fixação do lançador na plataforma de lançamento a atingir o veículo logo após a ignição dos cinco motores do primeiro estágio. Nas imagens é também visível que um dos motores termina inesperadamente a sua ignição, o que leva a uma perda de potência por parte do veículo. Este, desloca-se na horizontal enquanto o consumo de combustível vai compensar a perda de potência e o lançador inicia então um voo vertical finalizado dois minutos mais tarde.

Segundo a Astra, um dos motores terminou a ignição menos de um segundo após deixar a plataforma de lançamento, levando a que o veículo se movesse devagar antes de assumir a trajetória de voo. Após cerca de dois minutos e trinta segundos de voo, o controlo de missão emitiu um comando para terminar a ignição de todos os motores, levando assim ao final do voo. O foguetão atingiu uma altitude de cerca de 50 km antes de iniciar uma queda descontrolada para a Terra.

O veículo LV0006 transportou uma carga de teste que era parte da missão STP-27AD1 para O Space Test Program das Forças Espaciais dos Estados Unidos. O objectivo da missão foi o de demonstrar a capacidade orbital do veículo da Astra. Assim, a carga não será separada do segundo estágio, tendo no entanto o objectivo de medir diferentes parâmetros do lançador e a sua capacidade de colocar a carga em órbita com os parâmetros pretendidos.

O lançador Rocket-3.3 tem um comprimento de 11,6 metros e é capaz de colocar cargas entre os 25 kg e os 150 kg numa órbita a 500 km de altitude sincronizada com o Sol. O primeiro estágio está equipado com cinco motores Delphin que consome querosene altamente refinado (RP-1) e oxigénio líquido (LOX). O segundo estágio está equipado com um motor Aether que também consome RP-1 e LOX.

Abandonando a plataforma de lançamento, o foguetão iniciaria a manobra de arfagem a T+12s, atingindo a zona de máxima pressão dinâmica (MaxQ) a T+1m 15s. A ignição do segundo estágio ocorreria a T+2m 50s e a separação das duas metades da carenagem de protecção teria lugar a T+2m 55s.

A separação entre os dois estágios ocorreria a T+3m 0s e cinco segundos mais tarde iria a ignição do motor Aether do segundo estágio. O final da queima do segundo estágio teria lugar a T+8m 20s.



O Boletim Em Órbita não tem fins lucrativos e é mantido pelos anúncios exibidos aos nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar desativando seu bloqueador de anúncios em www.orbita.zenite.nu

Comente este post