Agência espacial Portuguesa estará a funcionar até Março nos Açores

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor, afirmou que a agência espacial portuguesa, designada Portugal Space, começará a funcionar até Março.

Com sede na ilha de Santa Maria, nos Açores, a Portugal Space irá promover novas actividades e negócios no sector espacial, através da observação da Terra com pequenos satélites.


Em declarações à agência de notícias Lusa, o Ministro disse que a criação desta agência irá «facilitar uma maior participação de Portugal nos programas europeus», da Agência Espacial Europeia (ESA) e da União Europeia.

O objetivo é «dinamizar novas indústrias, novas empresas e criar emprego qualificado em Portugal» relacionadas com o lançamento e o fabrico de pequenos foguetões e satélites, referiu Manuel Heitor, acrescentando que a informação recolhida pelos microssatélites poderá ser aplicada na agricultura de precisão, na segurança marítima e no cadastro das cidades.

Investimento de empresas rondará os 400 milhões de euros

O Ministro espera que a Portugal Space contribua para meta nacional de, em 2030, haver mil novos empregos neste sector e um investimento das empresas de 400 milhões de euros.

Actualmente, a facturação das empresas aeroespaciais portuguesas ronda os 40 milhões de euros anuais em resultado da participação de Portugal em projectos da ESA.

O Ministro definiu também, como meta, a captação de 320 milhões de euros do novo programa europeu para o espaço, que conta com um orçamento de cerca de 16 mil milhões de euros para o período 2021-2027.

«Precisamos de um corpo profissional que nos possibilite ir para além do que actualmente faz o Grupo do Espaço da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT)», disse Manuel Heitor.

Estado garante custos de operação e arranque

O Estado irá investir, através da FCT, entre 500 mil euros e um milhão de euros, para garantir os «custos de operação e arranque» da agência, incluindo a contratação de dez técnicos especializados, referiu o Ministro.

A agência espacial portuguesa será dirigida por um perito internacional, a seleccionar por concurso, e a sede ficará localizada na ilha de Santa Maria, onde será construído o porto espacial para lançamento de microssatélites, já anunciado pelo Governo.

Espera-se que os primeiros lançamentos de pequenos satélites se iniciem na primavera ou no verão de 2021, depois de o contrato para a instalação e funcionamento da base ser assinado, em Junho de 2019, com os consórcios vencedores.

A agência espacial portuguesa é um dos pilares da estratégia nacional para o sector do espaço, designada Portugal Espaço 2030.

Notícia: Governo Português

Imagem: D. Ducors/CNES/ESA

 

%d blogueiros gostam disto: