A missão Shenzhou-7

Depois de meses de expectativa o lançamento da Shenzhou-7 teve lugar no dia 25 de Setembro de 2008 e foi levado a cabo pelo foguetão CZ-2F Chang Zheng-2F (Y7) a partir da Plataforma de Lançamento LC43/91.

Após a missão da Shenzhou-6 tripulada por Nie Haisheng e Fei Junlong em 2005, esperava-se que a Shenzhou-7 fosse lançada em 2007 mas devido à sua complexidade as autoridades espaciais chinesas decidiram protelar o seu lançamento para 2008.

Quando na missão da Shenzhou-6 ficou demonstrado que os veículos Shenzhou eram capazes de suportar uma tripulação de dois elementos durante vários dias em órbita, a China passou à fase seguinte do seu programa espacial tripulado. A Shenzhou-7 iria transportar três tripulantes e um deles iria levar a cabo a primeira actividade extraveícular do programa espacial chinês.

Desde o início do seu programa espacial tripulado, a China teve a colaboração da Rússia para o desenvolvimento de alguns dos seus componentes e essa colaboração não foi excepção para a execução da sua primeira actividade extraveícular. A China comprou vários fatos extraveículares à Rússia e foi nos fatos Orlan-M que se foi basear pata desenvolver o fato extraveícular Feitian.

No dia 18 de Setembro a cápsula Shenzhou-7 era colocada sobre o último estágio do seu foguetão lançador que seria transportado para a plataforma de lançamento às 0715UTC do dia 20 de Setembro. A plataforma de lançamento está localizada a 1,5 km do edifício de integração e montagem e o transporte do foguetão CZ-2F Chang Zheng-2F é feito na posição vertical.

No dia 21 de Setembro chegavam a Jiuquan as duas tripulações designadas para a missão. A tripulação principal era composta por Zhai Zhigang, Comandante (Zhilingzhang); Liu Boming, Astronauta do Módulo Orbital (Guidaocang hangtianyuan) e Jing Haipen, Astronauta Monitorizador do Módulo de Descida (Fanhuicang zhishou hangtianyuan), enquanto que a tripulação suplente era composta por Quan Chen, Fei Junlong e Nie Haisheng.

No dia 24 de Setembro procedeu-se ao abastecimento dos diferentes estágio do CZ-2F Chang Zheng-2F ao mesmo tempos que a tripulação finalizada os últimos preparativos para o lançamento e se procedia a uma última verificação da cápsula espacial, do lançador e do equipamento de apoio.

A Shenzhou-7 era lançada às 1310:04,988UTC do dia 25 de Setembro atingindo a órbita terrestre às 1319:48UTC. A cápsula ficava colocada numa órbita com um perigeu a 200 km de altitude, apogeu a 331 km de altitude, inclinação orbital de 42,41.º e período orbital de 89,82 minutos. Pelas 2003UTC era levada a cabo uma manobra orbital que colocava a Shenzhou-7 numa órbita com um perigeu a 330 km de altitude, apogeu a 337 km de altitude, inclinação orbital de 42,40.º e período orbital de 91,20 minutos.

O primeiro dia em órbita foi dedicado à adaptação às condições de imponderabilidade e a preparar a saída para o exterior de Zhai Zhigang, montando os fatos espaciais extraveículares de fabrico chinês e russo. Zhai Zhigang e Liu Boming passaram 11 horas a preparar e a montar os dois fatos extraveículares no interior do módulo orbital enquanto que Jing Haipen permaneceu no módulo de regresso a supervisionar os diversos sistemas da Shenzhou-7. Zhai e Liu também iniciaram um treino adaptativo de 100 minutos após a montagem dos dois fatos extraveículares. O treino consistiu em respirar oxigénio puro de forma a ajudar na adaptação dos seus corpos à baixa pressão que iriam sentir no interior dos fatos extraveículares.

A primeira actividade extraveícular da China teve início cerca das 0830UTC com a despressurização do módulo orbital e a escotilha foi aberta às 0838UTC. Envergando o fato extraveícular de fabrico chinês Feitian, Zhai Zhigang começou a sair do módulo orbital às 0843UTC. No interior do módulo orbital permaneceu Liu Boming que envergava o fato extraveícular de fabrico russo Orlan-M nº 42. Pelas 0848UTC Liu espreitava para o exterior da Shenzhou-7 mas nunca esteve totalmente fora do módulo orbital enquanto entregava a Zhai Zhigang uma bandeira chinesa.

Zhai percorreu o exterior do módulo para recuperar uma amostra de lubrificantes sólidos colocada na fuselagem da Shenzhou-7, regressando de seguida para a zona da escotilha e entregando as amostras a Liu Boming. O taikonauta regressava ao interior da Shenzhou-7 às 0858UTC e a escotilha era encerrada por volta das 0900UTC.

Zhai Zhigang permaneceu no exterior da Shenzhou-7 durante 14 minutos, enquanto que o tempo de despressurização foi de 45 minutos. A escotilha permaneceu aberta durante 22 minutos.

Pelas 1127UTC era ejectado desde a parte frontal do módulo orbital da Shenzhou-7 um pequeno satélite com uma massa de 40 kg. Por vezes designado BX-1 Banxing-1 (ou Banfei Xiaoweixing-1), este pequeno satélite levou a cabo manobras em relação ao módulo orbital da Shenzhou-7 após o regresso à Terra dos três taikonautas.

O regresso à Terra da Shenzhou-7 teve lugar a 28 de Setembro. O processo iniciou-se com a separação do módulo orbital às 0848UTC. Pelas 0851UTC os motores do módulo de serviço entravam em funcionamento a uma altitude de 330 km sobre o Atlântico Sul. A queima dos motores do módulo de serviço terminou pelas 0853:18UTC.

Pelas 0913UTC dava-se a separação entre o módulo de serviço e o módulo de regresso e a reentrada iniciava-se logo de seguida sobre o Tibete. A abertura do pára-quedas ocorria às 0924UTC e a Shenzhou-7 aterrava no deserto de Góbi às 0937:40UTC num ponto localizado a 42,278.º N – 111,355.º E na Província da Mongólia Interior entre Hohhot e Erenhot.

A missão da Shenzhou-7 teve uma duração de 2 dias 20 horas 27 minutos e 35 segundos.

Os taikonautas da Shenzhou-7

Zhai Zhigang nasceu em Longjiang, Qiqihar, Província de Heilongjiang, a 21 de Novembro de 1966. Frequentou o Instituto de Aviação da Força Aérea do Exército de Libertação do Povo, tornando-se piloto de caça em 1989. Durante o seu serviço como pilo acumulou 950 horas de voo.

Foi um dos três taikonautas que fez parte do grupo final que treinou para a missão Shenzhou-5 em 2003. Yang Liwei foi seleccionado para a missão e Zhai Zhigang classificou-se em segundo lugar à frente de Nie Haisheng. Foi também um dos seis elementos seleccionados para o treino final para a missão Shenzhou-6 em 2005.

Liu Boming nasceu em Yi’na, Província de Heilomgjiang em 29 de Outubro de 1966, tendo ingressado no Exército de Libertação do Povo em Junho de 1985. Graduou-se na escola de pilotos militares em 1989 e acumulou mais de 1050 horas de voo em diferentes tipos de aviões.

Liu foi um dos seis taikonautas seleccionados para o treino final para a missão Shenzhou-6 em 2005.

Jing Haipen nasceu na cidade de Yuncheng, Província de Shanxi em 24 de Outubro de 1966. Em Junho de 1985 ingressou no Exército de Libertação do Povo e acumulou mais de 1200 horas de voo em diferentes tipos de aviões.

Jing foi um dos seis taikonautas seleccionados para o treino final para a missão Shenzhou-6 em 2005.

%d blogueiros gostam disto: