Yutu a aproximar-se do final dos seus dias?



Yutu on the Moon

O veículo lunar chinês, Yutu, entrou no seu 11º período de «dormência» com a recente chegada de mais uma noite lunar.

Segundo o responsável pelo projecto, Yu Dengyun, as funções do veículo estão a degradar-se de forma gradual e «graciosa», apesar do veículo estar actualmente em boas condições e a funcionar de forma o mais normal possível. O Yutu já passou por gélidas noites lunares num estado anormal e as funções básicas do veículo estão a degradar-se gradualmente. O veículo foi projectado para uma vida útil de três meses, porém resistiu por mais de nove meses. Tanto o Yutu como a sonda lunar Chang’e-3, com a qual viajou, já cumpriram todos os objectivos da missão.

A Chang’e-3 foi lançada a 2 de Dezembro de 2013, tendo alunado a 14 de Dezembro. Por sua vez, o veículo Yutu deixou a segurança da Chang’e-3 a 15 de Dezembro e iniciou o seu percurso pela superfície lunar. No entanto, e quando a noite lunar caia a 25 de Janeiro, os problemas começaram a afectar o veículo lunar. Estes problemas impediram que o Yutu se pudesse deslocar na superfície lunar, permanecendo desde então no mesmo local.

Aproximando-se dos seus últimos dias, o Yutu permitiu a recolha de uma enorme quantidade de dados sobre a superfície lunar e obteve milhares de fotografias. A sua aventura na superfície do nosso satélite natural forneceu certamente um manancial de dados de engenharia para que os especialistas chineses possam no futuro melhorar os seus veículos lunares.

No dia 24 de Outubro a China irá levar a cabo o lançamento da missão precursora da Chang’e-5, a Chang’e-5-T1, que irá testar o regresso à Terra a partir de uma trajectória lunar. Lançada por um foguetão CZ-3C Chang Zheng-3C/G2, a Chang’e-5-T1 irá circum-navegar a Lua e regressar à Terra a 31 de Outubro ou 1 de Novembro.

Entretanto, a missão Chang’e-4, que serviu de veículo suplente para a Chang’e-3, está a ser reavaliada pelos especialistas e engenheiros chineses.

Deixe um comentário