Yaogan Weixing-24 lançado pela China



YG-24 03

A China levou a cabo um novo lançamento orbital ao colocar em órbita o satélite YG-24 Yaogan Weixing-24. O lançamento teve lugar às 0712UTC do dia 20 de Novembro de 2014 e foi levado a cabo por um foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

A imprensa Chinese refere-se a este satélite, como é usual, como sendo um veículo de detecção remota que será utilizado para a realização de experiências científicas, observação do solo, determinação de colheitas e monitorização de desastres naturais. Como tem sido o caso com os anteriores lançamento deste tipo, os analistas Ocidentais crêem que este tipo de satélites é utilizado para actividades militares.

YG-24 01

O YG-24 será provavelmente um satélite de observação electro-óptica pertencente à série militar JB-6 Jianbing-6. Outros satélites deste série foram o Yaogan Weixing-2 (31490 2007-019A) lançado a 24 de Maio de 2007, o Yaogan Weixing-4 (33446 2008-061A) lançado a 1 de Dezembro de 2008, o Yaogan Weixing-7 (36110 2009-069A) lançado a 9 de Dezembro de 2009, e o Yaogan Weixing-11 (37165 2010-070A) lançado a 22 de Setembro de 2010. Todos estes satélites foram lançados por foguetões CZ-2D Chang Zheng-2D a partir de Jiuquan.

Os satélites JB-6 transportam uma carga de sensores de observação óptica de alta resolução e deverão possuir uma resolução de entre 1 a 3 metros, sendo colocados em órbitas que proporcionam condições de iluminação favoráveis para as suas missões de observação.

YG-24 04

YG-24 03

O foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D

CZ-2DO foguetão lançador chinês CZ-2D Chang Zheng-2D, fabricado pela Academia de Tecnologia Espacial de Xangai, é um veículo a dois estágios destinado a colocar satélites em órbitas terrestres baixas. O seu primeiro estágio é semelhante ao do foguetão lançador CZ-4 Chang Zheg-4, bem como o seu segundo estágio exceptuando uma secção de equipamento melhorada em relação ao CZ-4.

O Chang Zheng-2D tem a capacidade de colocar uma carga de 3.500 kg numa órbita a uma altitude de 200 km com uma inclinação de 28,0º em relação ao equador terrestre ou uma carga de 1.300 kg para uma órbita sincronizada com o Sol a uma altitude de 645 km. No lançamento desenvolve 2.961,6 kN, tendo uma massa total de 232.250 kg, um comprimento de 41,056 metros e um diâmetro de 3,35 metros.

O CZ-2D é principalmente lançado desde o Complexo de Lançamento LC-43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan (áreas LA-2B ‘138’, que se encontra desactivada, e LC43/603), mas pode também ser lançado desde Xichang e Taiyuan.

O primeiro lançamento do CZ-2D teve lugar a 9 de Agosto de 1992 (0800UTC) quando o veículo Y1 colocou em órbita o satélite recuperável FSW-2 (1) (22072 1992-051A).

O CZ-2D Chang Zheng-2D pode utilizar dois tipos de carenagens de protecção distintas dependendo do tipo de carga a colocar em órbita. A carenagem Tipo A tem um diâmetro de 2,90 metros (com esta carenagem o lançador tem um comprimento total de 37,728 metros) e a carenagem Tipo B tem um diâmetro de 3,35 metros (comprimento total de 41,056 metros).

 CZ-2D_2014-08

CZ-2D_2014-09

 Dados Estatísticos e próximos lançamentos

– Lançamento orbital: 5408

– Lançamento orbital com sucesso: 5059

– Lançamento orbital China: 211

– Lançamento orbital China com sucesso: 199

– Lançamento orbital desde Jiuquan: 75

– Lançamento orbital desde Jiuquan com sucesso: 69

A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono à data deste lançamento: 1ª coluna – lançamentos efectuados (lançamentos fracassados); 2ª coluna – lançamentos previstos à data; 3ª coluna – satélites lançados:

Baikonur – 16 (1) / 22 / 24

Plesetsk – 6 / 10 / 10

Dombarovskiy – 2 / 2 / 42

Cabo Canaveral AFS – 15 / 17 / 28

Wallops Island MARS – 3 (1) / 3 / 63

Vandenberg AFB – 3 / 6 / 2

Jiuquan – 8 / 6 / 8

Xichang – 1 / 2 / 1

Taiyuan – 4 / 6 / 6

Tanegashima – 3 / 4 / 14

Kourou – 9 / 11 / 17

Satish Dawan, SHAR – 4 / 4 / 8

Odyssey – 1 / 1 / 1

Palmachim – 1 / 1 / 1

* Valores não precisos

Dos lançamentos bem sucedidos levados a cabo: 31,9% foram realizados pela Rússia; 27,8% pelos Estados Unidos (incluindo ULA, SpaceX e Orbital SC); 15,3% pela China; 12,5% pela Arianespace; 4,2% pelo Japão, 5,6% pela Índia, 1,4% por Israel e 1,4% pela Sea Launch.

Os próximos lançamentos orbitais previstos são (hora UTC):

21 Nov (0700:00) – KZ Kuaizhou – Jiuquan – KZ-2 Kuaizhou-2

23 Nov (2101:13) – 11A511U-FG Soyuz-FG (051) – Baikonur, LC1 PU-5 – Soyuz TMA-15M (Союз ТМА-15М)

27 Nov (2124:33) – 8K82KM Proton-M/Briz-M (93549/99552) – Baikonur, LC200 PU-39 – Astra-2G

30 Nov (0424:48) – H-2A/202 (F-26) – Tanegashima, Yoshinobu, LP1 – Hayabusa-2; PROCYON; ARTSAT2-DESPATCH; Shin’en-2

30 Nov (????:??) – 14A14-1B Soyuz-2-1B/Fregat-M – GIK-1 Plesetsk, LC43/4 – GLONASS-K1 n.º 12L

04 Dez (1205:00) – Delta-IV Heavy (D369) – Cabo Canaveral AFS, SLC-37B – Orion (EFT-1 Exploration Flight Test-1)

Deixe um comentário