Vega lança três satélites



Decollage VEGAO foguetão europeu Vega foi lançado com sucesso desde o CSG Kourou, Guiana Francesa, colocando em órbita três satélites. O lançamento teve lugar às 0206:31UTC do dia 7 de Maio de 2013. A bordo da missão VV02 encontravam-se os satélites Proba-V, VNREDSat-1A e ESTCube-1.

Esta foi a primeira missão do foguetão Vega tendo a Arianespace a responsabilidade operacional sobre o voo.

A missão marcou a primeira utilização do adaptador de multi-carga VESPA (Vega Secondary Payload Adapter) que transportou o satélite Proba-V na sua parte superior e os outros dois satélites no seu interior. A missão marcou também o início da série de voos VERTA (Vega Research and Technology Accompaniment) da Agência Espacial Europeia para demonstrar a versatilidade e flexibilidade do lançador.

O lançamento havia sido adiado no dia 4 de Maio devido à más condições atmosféricas, nomeadamente devido à ocorrência de fortes ventos em altitude. O lançamento no dia 7 de Maio ocorreu debaixo de chuva com o foguetão a desaparecer rapidamente no meio das nuvens.

Após a fase propulsiva inicial realizada pelos três estágios de combustível sólido do lançador (P80, Zefiro-23 e Zefiro-9), o quarto estágio AVUM realizou quatro queimas durante a sequência de separação dos satélites, realizando ainda uma queima final para remover o estágio da órbita terrestre e garantindo que não permanece em órbita como lixo espacial.

O satélite Proba-V foi o primeiro a separar-se do AVUM. Operando a partir de uma órbita sincronizada com o Sol a uma altitude de 820 km, o satélite Proba-V (Project for On-Board Autonomy and Vegetation) irá tentar adaptar uma versão mais pequena do dispositivo VGT (utilizado nos satélites SPOT-4 e SPOT-5) num veículo mais pequeno. O satélite, construído pela QinetiQ Space Belgium, deverá proporcionar a continuidade dos dados sobre a vegetação na superfície terrestre. No lançamento tinha uma massa de 138,20 kg.

O satélite VNREDSat-1A é um satélite vietnamita de observação da Terra e foi o segundo veículo a separar-se em órbita. Construído pela Astrium, no lançamento tinha uma massa de 115,30 kg. O satélite será utilizado para a criação de uma infraestrutura que irá permitir melhores estudos dos efeitos das alterações climáticas, irá melhorar as condições para a previsão de desastres naturais e irá optimizar a gestão dos recursos naturais. O satélite será operado pela Academia Vietnamita de Ciência e Tecnologia. O primeiro satélite da Estónia, ESTCube-1, foi o terceiro e último a separar-se. Com uma massa de 1,33 kg, o pequeno satélite irá testar vários aspectos tecnológicos relacionados com o desenvolvimento de velas solares. O projecto resultou de uma colaboração entre estudantes da Universidade de Tartu, da Academia de Aviação da Estónia, da Universidade de Tecnologia de Talin e da Universidade das Ciências da Vida, sendo desenvolvido em colaboração com o Instituto de Meteorologia da Finlândia e com o Centro Espacial Alemão.

Este foi o 4931º lançamento orbital bem sucedido, sendo o 214º lançamento orbital bem sucedido da Arianespace e o 207º lançamento orbital bem sucedido a partir do CSG Kourou.

Para 2013 estão agora previstos 114 lançamentos orbitais. A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono (entre parêntesis estão os lançamentos fracassados se for o caso):

Baikonur – 7 / 32

Plesetsk – 2 / 15

Dombarovskiy – 0 / 3

Cabo Canaveral AFS – 3 / 14

Wallops Island MARS – 1 / 4

Vandenberg AFB – 1 / 6

Kauai – 0 / 1

Jiuquan – 1 / 4*

Xichang – 1 / 3

Taiyuan – 0 / 4*

Tanegashima – 1 / 4

Kourou – 2 / 14

Satish Dawan, SHAR – 1 / 4

Sohae – 0 / 1*

Semnan – 1 (1?)* / 4*

Naro – 1 / 1

Odyssey – 1 (1) / 1

* Valores incertos

Os próximos cinco lançamentos orbitais são:

14 Mai (1602:00) – 8K82KM Proton-M/Briz-M (93538/99539) – Baikonur, LC200 PU-39 – Eutelsat-3D

15 Mai (2139:00) – Atlas-V/401 (AV-039) – Cabo Canaveral, SLC-41 – GPS-IIF-4

22 Mai (????:??) – 14A14-B Soyuz-2-1B (215) – GIK-1 PLesetsk, LC43/4 – 14F137 Persona

23 Mai (0226:00) – Delta-IV-M+(5,4) (D362) – Cabo Canaveral, SLC-37B – WGS-5

28 Mai (2031:24) – 11A511U-FG Soyuz-FG (045) – Baikonur, LC1 OU-5 – Soyuz TMA-09M

Imagem: ESA

Deixe um comentário