Último Delta-II vai lançar ICESat-2

O último foguetão Delta-II será lançado desde a Base Aérea de Vandenberg, Califórnia, a 15 de Setembro, pelas 1246UTC.

O Delta-II-7420-10C (D381) irá colocar em órbita o satélite ICESat-2 a partir do Complexo de Lançamento SLC-2W. O Ice, Cloud & Land Elevation Satellite 2, é um satélite cientifico para medir as camadas de gelo polares, utilizando medições laser para determinar a espessura do gelo na Gronelândia e na Antártida. Com uma massa de 1.387 kg, o ICESat-2 foi construído pela Orbital Sciences Corporation (OSC) e é baseado no modelo LEOStar-3.

Para além do ICESat-2, a missão D381 transporta os satélites ELFIN (ELFIN-A), ELFIN-STAR (ELFIN-B), SurfSat e CP-7 (DAVE). Os satélites Electron Losses and Fields Investigation, ELFIN-A, e Electron Losses and Fields Investigation’s Spatio-Temporal Ambiguity Resolver, ELFIN-B, são pequenos CubeSat-3U desenvolvidos pelo Departamento de Ciências da Terra, Planetárias e Espaciais da UCLA em colaboração com a Corporação Aeroespacial para explorar os mecanismos responsáveis pela perda de electrões relativísticos a partir das cinturas de radiação em torno da Terra. Os satélites têm uma massa de 4 kg. O SurfSat (Surface charging Satellite) é um CubeSat-2U com uma massa de 2 kg, desenvolvido pela Universidade Central da Florida para medir a carga induzida pelo plasma na superfície do satélite e a descarga electrostática utilizando um sistema de sondas Langmuir. O satélite CP-7, também designado DAVE (Damping And Vibrations Experiment), vai medir a desaceleração das partículas para medir a sua frequência em microgravidade.

Comente este post