ULA e USAF lançam a missão OTV-3 do X-37B



 

O foguetão Atlas-V/501 (AV-034) operado pela United Launch Alliance foi lançado desde o Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS, transportando o veículo X-37B-1 na missão OTV-3 (Orbiting Test Vehicle-3). O lançamento teve lugar às 1803UTC do dia 11 de Dezembro de 2012. Este é o último lançamento dos Estados Unidos no corrente ano.

Segundo a Força Aérea dos Estados Unidos, o X-37B é um programa de teste experimental destinado a demonstrar as tecnologias para o desenvolvimento de uma plataforma de teste espacial fiável, reutilizável e não tripulada. Os principais objectivos do programa são a demonstração de tecnologias reutilizáveis para o futuro programa espacial dos Estados Unidos e a realização de experiências que podem ser recuperadas e examinadas na Terra.

Baseado num desenho da NASA, o X-37B é o mais recente e mais avançado veículo espacial capaz de regressar da órbita terrestre. O veículo é desenhado para ser lançado na vertical para uma órbita terrestre baixa onde pode levar a cabo experimentação e teste espacial de longa duração. Após receber comandos enviados do solo, o OTV reentra na atmosfera terrestre de forma autónoma, descendo e aterrando de forma horizontal numa pista de aterragem. Assim, o X-37B é o primeiro veículo desde o vaivém espacial da NASA com a capacidade de trazer de volta para a Terra para posterior inspecção e análise, mas tendo um tempo de vida em órbita de até 270 dias, o X-37B pode permanecer no espaço por muito mais tempo.

As tecnologias que estão a ser testadas neste programa incluem sistemas avançados de orientação, navegação e controlo, bem como sistemas de protecção térmica, aviónicos, selos e estruturas capazes de resistir a altas temperaturas, sistemas isoladores reutilizáveis, sistemas de voo electromecânicos ultraleves, e o voo orbital, reentrada e aterragem autónomos.

 

O Air Force Rapid Capabilities Office lidera o programa do OTV para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, estando na direcção do Subsecretário da Defesa para a Aquisição, Tecnologia e Logística do Secretário da Força Aérea. O esforço do OTV utiliza vastos investimentos de empresas e do governo no programa X-37 por parte da Força Aérea dos Estados Unidos, da NASA e da agência DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency) para continuar o desenvolvimento deste veículo.

O programa original do X-37 da NASA teve início em 1999 e prolongou-se até Setembro de 2004 quando a NASA transferiu o programa para a DARPA. A NASA tinha como objectivo a construção de dois veículos, um veículo ALTV (Approach and Landing Test Vehicle), para testar os sistemas na aterragem e o seu comportamento em voo atmosférico, e um veículo orbital OV. O ALTV validou a dinâmica de voo e prolongou o voo para lá dos testes a baixa velocidade e altitude conduzidos pela NASA entre 1998 e 2001 com o X-40A, uma versão de menor escala do X-37 desenvolvido pelo Air Force Research Labs. A DARPA finalizou a porção do programa do X-37 em Setembro de 2006 ao executar com sucesso uma série de voos rebocados e livres. O X-37 OV da NASA nunca foi construído, mas o seu desenho serviu como ponto de partida para o programa do X-37B.

O primeiro X-37B, OTV-1, foi lançado desde o cabo Canaveral AFB a 22 de Abril de 2010 e levou a cabo com sucesso uma aterragem autónoma na Base Aérea de Vandenberg a 3 de Dezembro de 2010, após permanecer 224 dias, 8 horas e 24 minutos em órbita.

O X-37B foi construído pela Boeing e tem um comprimento de 8,9 metros, 2,9 metros de altura e uma envergadura de 4,5 metros. No lançamento tem um peso de 4.990 kg. A sua energia é fornecida por painéis solares compostos por células de gálio e arsénio, e por baterias de lítio.

Este foi o 71º lançamento orbital de 2012, sendo o 10º lançamento desde o Cabo Canaveral e o 11º lançamento dos EUA. A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono (entre parêntesis estão os lançamentos fracassados se for o caso):

Baikonur – 20 (1) / 22

Plesetsk – 3 / 3

Cabo Canaveral – 10 / 10

Vandenberg – 2 / 2

Kwajalein – 1 / 1

Jiuquan – 4 / 5

Xichang – 9 / 9

Taiyuan – 5 / 5

Tanegashima – 2 / 2

Kourou – 9 / 10

Satish Dawan, SHAR – 2 / 2

Sohae – 1 (1) /2

Semnan – 3 (2) / 3

Odyssey – 3 / 3

Os próximos cinco lançamentos orbitais são:

16 (?) /Dez (????UTC) – Unha-3 – Sohae; Kwangmyongsong-3 (2)

19/Dez (1212UTC) – 11A511U-FG Soyuz-FG (Л15000-040) – Baikonur; Soyuz TMA-07M

19/Dez (1612UTC) – CZ-2D Chang Zheng-2D – Jiuquan; Gokturk-2

19/Dez (2130UTC) – Ariane-5ECA (VA211) – CSG Kourou; Skynet-5D; Mexsat-3 (Bicentenario)

27(?) /Dez (1834UTC) – 8K82KM Proton-M/Briz-M (93536/99536) – Baikonur; Satmex-8

Imagens: ULA

2 comentários para ULA e USAF lançam a missão OTV-3 do X-37B

  • Rui C. Barbosa  disse:

    Tem toda a razão, Rui. Obrigado por detectar o erro que já foi corrigido.

  • Rui Eduardo Saud Reis  disse:

    A descida é de forma horizontal e não vertical como no texto!

Deixe um comentário