Tripulantes da ISS levam a cabo exercícios de emergência

Os tripulantes da Expedição 58 começaram o dia de 15 de Janeiro de 2019 com uma simulação de emergência antes de se dividirem para a realização de mais pesquisas espaciais e tarefas de manutenção de hardware.

O Comandante Oleg Kononenko liderou os Engenheiros de Voo Anne McClain e David Saint-Jacques numa simulação de emergência na manhã do dia 15 de Janeiro a bordo da Estação Espacial Internacional. O trio praticou as comunicações e operações de coordenação com os Centros de Controle da Missão em Houston e Korolev (arredores de Moscovo).


Os improváveis ​​cenários de emergência para os quais a tripulação treina incluem eventos como despressurização, vazamentos de amónia e incêndios. As operações de emergência incluem a colocação rápida de equipamento de segurança, o encerramento de uma escotilha modular para isolar vazamentos de pressão e amónia, a extinção de incêndios e a evacuação da estação a bordo da Soyuz MS.

De seguida, a astronauta Anne McClain mudou-se para a realização de trabalhos com cabos e outros utensílios no Multi-Purpose Small Payload Rack (MSPR), que pode abrigar uma série de pequenas experiências. A astronauta terminou o dia fotografando Saint-Jacques enquanto este instalava detectores de neutrões para uma experiência destinada a entender como a radiação espacial afecta os astronautas.

Entretanto, Kononenko trabalhou hoje no Levitador Eletromagnético que expõe materiais a temperaturas extremamente altas para explorar as suas propriedades termofísicas no ambiente de microgravidade. Posteriormente, o cosmonauta levou a cabo tarefas de manutenção de rotina em sistemas de suporte de vida no segmento russo do laboratório orbital.

 

%d blogueiros gostam disto: