Treinos de Inverno das tripulações Russas

Todos os anos as tripulações que são lançadas a bordo dos veículos espaciais tripulados Russos, são submetidos a treinos de Inverno que são realizados em ambiente florestal nos arredores de Moscovo. O objectivo é simular uma aterragem numa zona deserta e longe que qualquer área urbana, simulando as condições próximas àquelas que a tripulação da Voskhod-2 (Alexei Leonov e Pavel Belyaev) suportara em Março de 1965.

Os primeiros a iniciar os treinos de sobrevivência em condições de temperaturas baixas foram os Candidatos a Cosmonauta da selecção de 2018, Konstantin Borisov, Oleg Platonov e Sergey Mikayev. Segundo Anatoly Zabruskov, chefe do departamento de treino de cosmonautas para os factores extremos do voo espacial do Centro de Treino de Cosmonautas ‘Yuri Gagarin’, é ensinado aos candidatos a cosmonautas a contar com os seus pontos fortes, submetendo-os a tarefas até uma ordem de grandeza maior do que o que eles podem fazer depois do voo espacial com o objetivo de trazer stress físico e emocional para um certo estágio, para que eles possam assim não apenas construir abrigos ou fazer uma fogueira, mas também a se superar a si mesmos.


Nestas sessões de treino participam sete equipes. Os cosmonautas da Roscosmos, Anatoly Ivanishin, Ivan Wagner, Nikolai Tikhonov e Andrey Babkin participaram nos treinos, bem como todos os candidatos ao recrutamento de cosmonautas seleccionados em 2018, além do astronauta da NASA, Thomas Marshburn, e os representantes dos Emirados Árabes Unidos, Hazzaa Al-Mansuri e Sultan Al-Neyadi.

Todas as equipas que participam nas sessões de treino primeiro frequentam lições teóricas e práticas sobre as tácticas de acção depois da aterragem da cápsula espacial em condições extremas usando equipamentos e materiais disponíveis a bordo do veículo espacial. Os participantes devem tirar os seus fatos espaciais dentro do veículo de descida e trocar para um conjunto de roupas a bordo, depois sair e construir vários tipos de abrigos, realizar uma comunicação de rádio, fornecer assistência médica aos feridos e interagir com as forças de busca e salvamento. O treino é realizado pela equipa de treino e teste do Centro de Treino de Cosmonautas ‘Yuri Gagarin’, que é composta por instrutores, médicos, psicólogos e outros especialistas.

Todos os anos parece que as condições de treino são as mesmas, mas os instrutores do Centro de Treino de Cosmonautas sublinham que nenhum treinamento é como outro. Há sempre algumas nuances dependendo do carácter da tripulação, do clima dentro da equipa, das condições climáticas e de outros factores.

As acções da tripulação durante o treino são avaliadas de maneira abrangente”, disse o instrutor do CTC, Alexander German. “Mas o principal é que não haja erros que afectem a segurança da tripulação nestas situações.”

Imagens: CTC Yuri Gagarin

 

%d blogueiros gostam disto: