Teste à antena do radar para a missão JUICE

JUICE, ou Jupiter Icy Moon Explorer, é a futura missão da ESA para explorar o planeta mais massivo do Sistema Solar e as suas grandes luas Ganimedes, Europa e Calisto. Com lançamento planeado para Junho de 2022, embarcará numa viagem de sete anos que recorrerá a vários sobrevoos – da Terra, Vénus, Terra, Marte e Terra novamente – antes de deixar o Sistema Solar interno a caminho de Júpiter.

Acredita-se que todas as três luas tenham oceanos de água líquida sob as suas crostas geladas, e o instrumento Radar para Exploração das Luas Geladas (RIME) na Juice será usado para sondar a sua estrutura sub-superficial. Emitidos por uma antena de 16 m de comprimento, os sinais do radar penetrarão nas superfícies geladas das luas de Júpiter até uma profundidade de 9 km.


O RIME será o primeiro instrumento do seu género capaz de realizar medições directas da sub-superfície de mundos no Sistema Solar externo, e deverá fornecer informações importantes sobre o potencial de tais corpos abrigarem ambientes habitáveis.

Uma vez no espaço, o desempenho do instrumento será influenciado por vários factores, incluindo o padrão de radiação da antena. Para avaliar estes efeitos, foi realizada uma série de testes nas instalações da ESA em Hertz, em Setembro, utilizando um modelo da antena RIME à escala de 1:18 – encolhida para um comprimento de cerca de 80 cm e montada num modelo simplificado e reduzido da aeronave.

Mais informações: Tempo de testar o RIME 

Notícia e imagem: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

 

%d blogueiros gostam disto: