Tecnologia espacial ajuda a restaurar a visão



Human_eye_node_full_image_2

A cirurgia por laser para corrigir a visão é uma pratica comum, porém sabia que tecnologias desenvolvidas para o uso espacial é agora comummente utilizada para seguir os olhos do paciente e direccionar de forma precisa o bisturi de laser?

Se nós olharmos para um ponto fixo enquanto inclinamos ou movemos a nossa cabeça, os nossos olhos permanecem fixos, permitindo-nos assim vermos de forma clara enquanto nos movemos. Este truque da natureza é um reflexo e usualmente nem sequer nos apercebemos que ocorre.

Thomas_Reiter_with_tracking_device_node_full_image_2Nos bastidores, o nosso cérebro está constantemente a interpretar a informação do ouvido interno para manter o equilíbrio e uma visão estável. Uma característica essencial deste sistema sensorial é a utilização da gravidade como referência. A maior parte das espécies na Terra, recuando até aos dinossauros, utilizam este sistema.

Mas como é que os astronautas no espaço lidam quando o ouvido interno já não se pode fiar na gravidade? Com que precisão conseguem os astronautas focar o ecrã de um computador quando estão a flutuar e de que forma avaliam a velocidade?

Para investigar estas questões, uma equipa liderada pelo Professor Andrew Clarke baseada em Berlim, Alemanha, projectou uma série de experiências para medir os movimentos dos olhos dos astronautas quando estes trabalham na estação espacial internacional.

Eye_tracking_in_space_node_full_image_2Os investigadores necessitam de métodos robustos para seguir os olhos sem interferirem com a actividade normal dos astronautas. A resposta veio na forma de um capacete que fornece informação a chips de processamento de imagens de alta performance semelhantes aos utilizados nas câmaras de vídeo comuns.

Perdido do espaço

Há dez anos atrás os primeiros astronautas utilizaram o dispositivo na estação espacial internacional, seguindo-se mais quatro anos de experiências. Os resultados mostraram que o nosso equilíbrio e o controlo geral dos movimentos dos olhos são de facto afectados pela ausência de peso. Estes dois sistemas trabalham em proximidade em condições de gravidade normal, mas tornam-se de certa forma dissociados em microgravidade.

As descobertas apontam para que todo o complexo sensorial e de percepção espacial tem a gravidade como referencial de orientação. Após um voo espacial, demora alguns dias a algumas semanas para que os astronautas regressem à normalidade.

Regressando à Terra

Eye_tracking_device_node_full_image_2De forma paralela à sua utilização na estação espacial internacional, os engenheiros aperceberam-se que o dispositivo tinha potencialidades para ser aplicado na Terra. Seguir os movimentos dos olhos sem interferir no trabalho de um cirurgião é essencial na cirurgia a laser. Esta tecnologia espacial provou ser o ideal.

“Este equipamento de seguimento dos olhos está a ser utilizado numa grande proporção de cirurgias correctivas com utilização de laser em todo do mundo,” explicou o Professor Clarke.

“De forma adicional, uma versão disponível comercialmente foi também entregue a um grande número de laboratórios na Europa e na América do Norte para estudos.”

Notícia e imagens: ESA

Tags:  , ,

Um comentário para Tecnologia espacial ajuda a restaurar a visão

  • Kennysmash  disse:

    Excelente notícia.

Deixe um comentário