Jiuquan tagged posts

China lança segundo satélite de detecção remota para Venezuela

A China levou a cabo o lançamento do segundo satélite de detecção remota para a Venezuela. O lançamento do satélite VRSS-2 ‘Antonio José de Sucre’ teve lugar ás 0413:14,451UTC do dia 9 de Outubro de 2017 e foi levado a cabo pelo foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D (Y30) a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de satélites de Jiuquan.

Este foi o primeiro lançamento do foguetão CZ-2D desde Dezembro de 2016 quando se verificou um problema com o último estágio do foguetão  Chang Zheng-2D (Y39) durante a primeira missão Gaojing lançada desde o Centro de lançamento de Satélites de Taiyuan.

O satélite VRSS-2

Também designado como ‘Antonio José de Sucre’, o VRSS-2 (Venezuela Remote Sensing Satellite-2), é o segundo satélite de ...

Leia mais

China vai lançar segundo satélite de detecção remota para a Venezuela

O segundo satélite de detecção remota para a Venezuela, o VRSS-2 ‘Antonio José de Sucre’, será colocado em órbita a 9 de Outubro por um foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D.

O lançamento será levado a cabo pelas 0405UTC a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

Com uma massa de de 1.000 kg, o satélite foi desenvolvido pelo CAST e é baseado na plataforma CAST2000.

 

Leia mais

China lança telescópio para estudar os raios-x

Inicialmente previsto para ser colocado em órbita em 2010, a China levou a cabo o lançamento do tão esperado Hard X-ray Modulation Telescope (HXMT), denominado ‘Huiyan’ (慧眼) utilizando o foguetão CZ-4B Chang Zheng-4B (Y31) a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. O lançamento teve lugar às 0300UTC a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43. O novo telescópio orbital irá levar a cabo uma monitorização a longo prazo dos pulsares e de outros objectos que poderão ajudar a revelar os mistérios das suas fontes de energia.

Observando os raios-x

Comparado com missões anteriores, o HXMT possui uma maior área de detecção, um maior leque de energias e um campo de visão mais abrangente...

Leia mais

China vai lançar telescópio de raios-x

A China vai colocar em órbita o satélite HXMT para a observações astronómicas em raios-X.

O lançamento será ser levado a cabo por um foguetão CZ-4B Chang Zheng-4B a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC49 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. O HXMT tem uma massa de cerca de 500 kg e o lançamento está previsto para as 0315UTC do dia 15 de Junho de 2017.

Neste lançamento serão ainda colocados em órbita os pequenos satélites de observação da Terra, Zhuai-1 (1) e Zuhai-1 (2), cada uma deles tem uma massa de 50 kg, e o satélite ÑuSat-3 “Milanesat”.

Leia mais

China irá lançar Tianzhou-2 para a sua nova estação espacial

A China revelou a sequência inicial de voos que farão parte da sua terceira fase de exploração espacial tripulada.

Esta terceira fase integra a construção da sua estação espacial modular TG Tiangong, cujo primeiro módulo será lançado em 2018 ou provavelmente em 2019. Este será o módulo Tianhe que será colocado em órbita por um foguetão CZ-5B Chang Zheng-2B a partir do Complexo de Lançamento LC 101 do Centro de Lançamentos Espaciais de Wenchang, Hainan.

O Tianhe terá uma massa de cerca de 22.000 kg, tendo um comprimento de 19,1 metros e um diâmetro máximo de 4,2 metros. O módulo será colocado numa órbita com uma altitude média de 400 km e uma inclinação orbital de 42,5º.

Uma vez operacional em órbita, o Tianhe irá aguardar a chegada do segundo veículo de carga que a...

Leia mais

China lança novo foguetão com satélite experimental a bordo

A China levou a cabo o lançamento inaugural de um novo foguetão de propulsão sólida colocando em órbita um satélite experimental a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

O lançamento do satélite Tiankun-1 teve lugar às 2353UTC do dia 2 de Março de 2017 e foi levado a cabo pelo foguetão Kaituo-2. Todas as fases do lançamento decorreram como previsto.

O TK-1 Tiankun-1 ‘天鲲一号’ é o primeiro satélite desenvolvido pela Corporação Industrial e de Ciência Aeroespacial da China (CASIC, China Aerospace Science and Industry Corporation) e tem como objectivo testar a performance do modelo agora utilizado para futuras aplicações noutros satélites...

Leia mais