ESA tagged posts

Preparações para o lançamento do Sentinel-5P em pleno andamento

Com data de lançamento estabelecida para 13 de Outubro, os engenheiros que se encontram no local de lançamento em Plesetsk, Rússia, estão a trabalhar a todo o vapor, de modo a concluir a tarefa de conseguir que o próximo satélite europeu Copernicus esteja pronto para a sua viagem para órbita.

O satélite Sentinel-5P está em Plesetsk, no norte da Rússia, há quase duas semanas. Até agora, foi retirado do seu contentor de transporte, posicionado para ser testado e os engenheiros começaram a “riscar” da longa lista os trabalhos a realizar.

William Simpson, o director de lançamento do satélite Sentinel-5P da ESA, disse: “Foi óptimo vê-lo chegar aqui a Plesetsk, onde a equipa estava pronta e à espera, ansiosa para garantir que o satélite estivesse em boas condições, após a sua ...

Leia mais

Notícias da ESA (751)

ESA

As mais recentes notícias da ESA…

– First steps: returning humanity to the Moon

– Flat land

– Mapping the world’s forests

– Geological investigation

– Meet Sentinel-5P

– Solar antics

– Giant berg on the move

– From stars to galaxies

– Thar be rovers

Leia mais

Junte-se à ESA para o lançamento do Sentinel5P

É apaixonado pelo nosso planeta e curioso em saber como os satélites ajudam a melhorar a vida cotidiana e partilha a sua paixão através das redes sociais? Então o próximo evento do SocialSpace da ESA é para si.

Com o satélite Copernicus Sentinel-5P preparado para o lançamento, no dia 13 de Outubro, às 09:27 GMT (11:27 CEST), convidamos 25 usuários das redes sociais para se candidatarem a participar do evento de lançamento, no Centro Europeu de Pesquisa e Tecnologia Espacial da ESA, em Noordwijk, ESTEC, Países Baixos.

Será o lugar para desfrutar do lançamento do Sentinel-5P. Os convidados terão um olhar exclusivo para a incrível ciência, engenharia, aplicações e negócios por trás de Copernicus, o maior programa de observação da Terra do mundo, e conhecer os especialis...

Leia mais

Comemorar o legado de Herschel

Esta delicada imagem que mostra as complexidades de bolhas e mechas interestelares, revela grande turbulência no complexo W3/W4/W5 de nuvens moleculares e regiões formadoras de estrelas. Foi obtida pelo Observatório Espacial Herschel da ESA, uma missão pioneira que observou o céu em comprimentos de onda do infravermelho distante e submilimétrico, entre 2009 e 2013.

Setembro tem sido o mês de momentos memoráveis ou marcos para o Herschel.

Quando o satélite ainda se encontrava na Terra, foi em Setembro de 2005 que o telescópio montado passou os seus primeiros testes.

Em Setembro de 2007, ocorreu o acoplamento do “cérebro” da missão – o módulo de carga útil com os instrumentos e o criostático que os manteria na temperatura desejada, logo acima do zero absoluto – com o “coração”, o...

Leia mais

ESA 500: incentivar as empresas em desenvolvimento a usar a tecnologia espacial na Terra

Milhares de novos empregos e economias locais impulsionadas são os resultados directos do investimento da ESA em empresas jovens, através dos seus centros de incubação empresarial, que já hospedaram mais de 500 ‘start-ups’ (empresas emergentes).

Do sector da saúde à indústria, do desporto à agricultura, os centros são um importante motor para o empreendedorismo e a criação de novos negócios, além de posicionar a Europa na vanguarda da inovação.

Um protótipo de um “carro voador” pessoal, sob a forma de um jato eléctrico, que eventualmente iria decolar e pousar verticalmente nos nossos quintais, foi desenvolvido por empreendedores de uma incubadora bávara. Uma empresa emergente em Darmstadt, na Alemanha, desenvolveu um sistema de endereço digital, baseado na locali...

Leia mais

Amaragem! Colidir com a lama marciana

Um objeto que colidiu com uma superfície rica em gelo, deu origem aos elementos de fluxo complexos em torno desta antiga cratera em Marte.

Os impactos de cometas e asteroides moldaram as superfícies de planetas e luas rochosas, durante os 4,6 mil milhões de anos do Sistema Solar, e podem revelar condições ambientais no momento da sua formação.

Cratera de impacto rica em água em Marte

Durante um impacto, a energia transferida para o solo transforma-se em liquefação e vaporização do objeto impactante e partes da superfície, além de escavar grandes quantidades de material do solo, atirando-o para o terreno circundante, na forma de um manto de detritos.

As características do material ejectado podem fornecer pistas sobre as condições da superfície do planeta e do seu ambiente geral...

Leia mais