Chang Zheng-4C tagged posts

China lança novo satélite meteorológico desde Taiyuan

A China levou a cabo o lançamento do satélite meteorológico FY-3D Fengyun-3D às 1835UTC do dia 14 de Novembro de 2017. O lançamento teve lugar desde o Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, província de Shanxi, e foi realizado pelo foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C (Y21). A bordo encontrava-se também o pequeno satélite HEAD-1.

Este foi o primeiro lançamento a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan  em 2017 e o primeiro lançamento de um foguetão CZ-4C desde 31 de Agosto de 2016 altura em que uma falha no terceiro estágio do foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C (Y22) levou à perda do satélite GF-10 Gaofen-10.

Operados pela Administração Meteorológica da China (AMC) e pelo Centro Nacional de Meteorologia por Satélite, a série FY-3...

Leia mais

China vai lançar novo satélite meteorológico

 

Um novo satélite meteorológico para a China será colocado em órbita a 14 de Novembro pelas 1840UTC.

O satélite FY-3D Fengyun-3D será lançado pelo foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C (Y21) a partir do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

O FY-3D é o quarto satélite da segunda geração de satélites meteorológicos polares, tendo sido desenvolvido pelo SAST. No lançamento a sua massa é de cerca de 2.200 kg.

Juntamente com o FY-3D deverá ser lançado o pequeno satélite HEAD-1 que transporta um sistema AIS (Automatic Identification System).

Leia mais

China falha lançamento do Gaofen-10

GF-10_CZ-4C 2

A China levou a cabo o lançamento de um novo satélite de detecção remota. Porém, até esta hora não há qualquer notícia oficial acerca do lançamento e não foi detectado qualquer novo objecto em órbita, apesar de terem sido reveladas fotografias dos destroços do primeiro estágio do lançador.

Várias equipas foram enviadas para as montanhas na zona de impacto dos destroços do foguetão lançador para recuperar o que resta do satélite e do foguetão. Aguarda-se um anuncio oficial dos acontecimentos, deste que será o primeiro lançamento falhado de 2016.

O lançamento do GF-10 Gaofen-10 terá ocorrido às 18:53UTC do dia 31 de Agosto de 2016 e foi levado a cabo por um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C a partir do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyu...

Leia mais

China vai lançar novo satélite de detecção remota

china_flag

A China vai levar a cabo o lançamento de um novo satélite de detecção remota.

O lançamento do GF-10 Gaofen-10 deverá ter lugar às 18:53UTC do dia 31 de Agosto de 2016 e será levado a cabo por um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C a partir do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

Leia mais

China lança satélite de detecção remota Gaofen-3

Gaofen-3 5

A China levou a cabo o lançamento de um novo satélite de detecção remota equipado com, um radar SAR que lhe permite realizar observações em quaisquer condições meteorológicas.

O lançamento do GF-3 Gaofen-3 (高分三号) teve lugar às 22:55:25,077UTC do dia 9 de Agosto de 2016 e foi levado a cabo por um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C a partir do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

Desenvolvido pela Academia Chinesa de Tecnologia Espacial, o GF-3 é baseado na plataforma CS-L3000B e está equipado com um radar SAR de banda-C multi-polarizado com uma resolução de 1 metro. O satélite tem uma vida operacional de oito anos e será principalmente utilizado pela Administração Oceânica Estatal da China.

Gaofen-3 2O desenvolvimento do Gaofen-3 foi i...

Leia mais

China vai lançar Gaofen-3

Gaofen-3 1

A China vai levar a cabo o lançamento do satélite de observação da Terra, GF-3 Gaofen-3.

O lançamento deverá ter lugar pelas 22:55UTC do dia 9 de Agosto de 2016 e será levado a cabo por um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C a partir do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

O GF-3 é um satélite civil de detecção remota e está equipado com um radar SAR multi-polarizado de banda-C com uma resolução de 1 metro. Baseado na plataforma CS-L3000B, o satélite tem um tempo de vida útil de 8 anos.

Leia mais