Baikonur tagged posts

Soyuz MS-07 – Preparativos para o lançamento (III)

As tripulações da Soyuz MS-07 procederam à inspecção da cápsula espacial na sua configuração de voo.

A tripulação principal da Soyuz MS-07 é composta pelo cosmonauta Anton Nikolayevich Shkaplerov (Comandante – Roscosmos, Rússia), pelo astronauta Scott David Tingle (Engenheiro de Voo n.º 1 – NASA, EUA) e pelo astronauta Norishige Kanai (Engenheiro de Voo n.º 2 – JAXA, Japão). Por seu lado, a tripulação suplente é composta pelo cosmonauta Sergei Valerievich Prokopyev (Comandante – Roscosmos, Rússia), pelo astronauta Alexander Gerst (Engenheiro de Voo n.º 1 – ESA, Alemanha) e pela astronauta Jeanette Jo Epps (Engenheira de Voo n.º 2 – NASA, EUA).

Para Anton Shkaplerov esta será a sua terceira missão espacial orbital, sendo o 196º ser humano e o 41º cosmonauta Russo a reali...

Leia mais

Soyuz MS-07 – Preparativos para o lançamento (II)

No Cosmódromo de Baikonur continuam os preparativos para o lançamento da Soyuz MS-03 que irá transportar três novos elementos para a tripulação permanente da estação espacial internacional.

No dia 11 de Dezembro os especialistas da Corporação RKK Energia procederam à inspecção visual da cápsula espacial e posteriormente, este foi colocada no interior da carenagem de protecção constituindo assim o denominado Módulo Orbital que é composto pela cápsula espacial Soyuz MS-07, pelo módulo de transferência e pela carenagem de protecção.

Nos próximos dias, a tripulação da Soyuz MS-07 fará a inspecção do veículo no seu modo de voo e posteriormente o Módulo Orbital será transferido para o edifício de integração e montagem do foguetão lançador MIK-112.

A tripulação p...

Leia mais

Soyuz MS-07 – Preparativos para o lançamento (I)

No Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão, decorrem os preparativos finais para o lançamento da missão espacial tripulada Soyuz MS-07 que irá transportar três novos membros para a tripulação permanente da estação espacial internacional.

As duas tripulações da Soyuz MS-04 chegaram ao Cosmódromo de Baikonur a 4 de Dezembro de 2017, viajando em aviões separados. No Aeroporto de Krainy, as tripulações foram recebidas por dignatarios da Corporação Espacial RKK Energia, da Corporação Estatal Roscosmos, por representantes da cidade de Baikonur e por responsáveis pelo Centro de Treino de Cosmonautas ‘Yuri Gagarin’.

Com a chegada ao Cosmódromo de Baikonur, as duas tripulações dão início à fase final do seu treino e preparativos para o lançamento...

Leia mais

Primeiro satélite de comunicações para Angola será lançado a 26 de Dezembro

O lançamento do satélite de comunicações Angolano, AngoSat-1, foi adiado para o dia 26 de Dezembro de 2017, depois de problemas registados durante os preparativos do estágio superior que o colocará numa órbita de transferência geossíncrona.

O satélite foi desenvolvido em conjunto pela empresa Russa, RKK Energia, e pela empresa Europeia, Airbus Defence & Space. Enquanto que a RKK Energia ficou responsável pelo desenvolvimento do corpo principal do satélite (USP), a empresa Europeia desenvolveu a sua carga de comunicações.

O AngoSat-1 transportará 44 repetidores de banda-C e de banda-Ku, e estará operacional durante 15 anos na órbita geossíncrona...

Leia mais

Progress MS-07 chega à ISS

O lançamento da missão ISS-68P teve lugar às 0846:53,478UTC do dia 14 de Outubro de 2017 e foi levado a cabo pelo foguetão 14A14-1A Soyuz-2-1A (U15000-029) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Todas as fases do lançamento decorreram como previsto e a separação entre o Progress MS-07 (11F615А60 n.º 437) e o último estágio do seu foguetão lançador ocorreu ás 0929:02UTC. A acoplagem com o módulo Pirs ocorreu às 1104UTC do dia 16 de Outubro.

Com uma massa no lançamento de 7.428 kg, o Progress MS-07 transportava 880 kg de propelente, 23 kg de oxigénio, 24 kg de ar, 420 kg de água e 1.350 kg de outras cargas, num total de 2.549 kg...

Leia mais

60º aniversário do lançamento do Sputnik-1 – História do Desenvolvimento do R-7 Semyorka

O desenvolvimento do míssil balístico intercontinental que mais tarde iria dar origem a uma família de lançadores que ainda hoje são utilizados para colocar em órbita os mais variados tipos de cargas desde veículos tripulados, passando por satélites científicos e de origem militar, foi iniciado nos anos 50 por Serguei Korolev.

Este míssil tinha a capacidade de lançar uma carga de 5.370 kg a uma distância de 12.000Km (na sua versão melhorada). O R-7 era também designado por Semyorka (Pequeno Sete), além de SS-6 (Departamento de Defesa dos Estados Unidos), A (Livraria do Congresso dos Estados Unidos ou Designação Sheldom), Sapwood (NATO) e 8K71 (Designação do fabricante)...

Leia mais