Sucesso do segundo Soyuz desde Kourou



O foguetão Soyuz-STA/Fregat (Б15000-002/1021/VS02) foi lançado com sucesso desde a zona ZLS do CSG Kourou, Guiana Francesa, às 0203:08UTC do dia 17 de Dezembro de 2011 levando a bordo seis satélites. A sua missão teve uma duração de 3 horas e 26 minutos e foi executada sem problemas.

A bordo seguiam os satélites Pléiades-1, quatro satélites ELISA e o satélite SSOT Fasat-Charlie. O satélite Pléiades-1 tinha uma massa de 970 kg no lançamento eserá utilizado para fornecer imagens de alta resolução a utilizadores militares e civis. O satélite, a orbita a cerca de 700 km de altitude média, é capaz de uma resolução de 50 cm.. Foi construído pela Astrium para a agência espacial francesa CNES. Tem uma forma hexagonal e é optimizado para uma agil operacionalidade e precisão.

Os quatro satélites ELISA fazem parte de um programa de demonstração conjunta que envolve a organização de defesa francesa DGA e o CNES, sendo os satélites desenolvidos numa parceria entre a Astrium e a Thales Airbirne Systems. Com uma massa de 120 kg cada, os satélites têm uma vida operacional de mais de 3 anos.

Finalmente, o satélite chileno SSOT (Sistema satelital de Observación de la Tierra) terá um papel de utilização civil e militar através de observação óptica. O satélite tem uma massa de 117 kg e será utilizado para mapeamento, monitorização de agricultura e gestão dos recursos naturais, desastres e riscos. Construído pela Astrium para as forças armadas do Chile, o SOT é baseado na mesma plataforma utilizada pelos satélites ELISA.

Imagem: Arianespace

Deixe um comentário