STS-130: ensaio do lançamento



A tripulação da missão STS-130 levou a cabo no dia 21 de Janeiro o ensaio da contagem decrescente final em preparação para o seu lançamento.

Os sete elementos que irão tripular o vaivém espacial OV-105 Endevour envergaram os seus fatos pressurizados e entraram no vaivém espacial. A denominada TCDT (Terminal Countdown and Demonstration Test) tem como objectivo simular todas as fases da contagem decrescente para o lançamento do vaivém espacial, terminando poucos segundos antes do lançamento com uma abortagem simulada.

Esta missão do Endeavour será comandada pelo astronauta George David Zamka, que realizará a sua segunda missão espacial. O Piloto do Endeavour será o astronauta Terry Wayne Virts Jr., na sua primeira missão espacial. Para além de Zamka e Virts, o Endeavour transporta mais quatro astronautas Especialistas de Missão: Nicholas James MacDonald Patrick (2ª missão), Robert Louis Behnken (1ª missão), Stephen Kern Robinson (4ª missão) e Kathryn Patricia Hire (2ª missão).

O Endeavour irá transportar mais um módulo para a ISS, o Tranquility, e uma cupula contendo sete janelas que irá permitir uma visão panorâmica do espaço e do planeta até aqui nunca conseguida desde o interior da estação espacial sendo este um posto de controlo dos sistemas robóticos da estação. Durante a missão serão levados a cabo três actividades extraveículares. A missão terá uma duração de 13 dias.

Não havendo a extensão do programa dos vaivéns espaciais, esta será a primeiro das cinco últimas missões dos vaivéns. Após a missão STS-130 será lançada a missão STS-131 / ISS-19A que será levada a cabo pelo vaivém espacial OV-103 Discovery a 18 de Março, seguindo-se a 14 de Maio a última missão do vaivém espacial OV-104 Atlantis (STS-132 / ISS-ULF 4). A última missão do Endeavour irá ocorrer a 29 de Julho (STS-134 / ISS-ULF 6) e o cair do pano do programa espacial dos vaivéns ocorrerá com a missão STS-133 / ISS-ULF 5 que será levada a cabo pelo vaivém espacial Discovery.

Deixe um comentário