SpaceX vai lançar Dragon antes do EchoStar-23



A empresa Norte-americana, SpaceX, anunciou que irá lançar a missão logística CRS-10 para a estação espacial internacional antes do lançamento do satélite de comunicações EchoStar-23, com a missão CRS-10 a tornar-se na primeira missão da SpaceX a ser lançada da histórica Plataforma de Lançamento LC-39A do Centro Espacial Kennedy.

Já por várias vezes a SpaceX levou a cabo alterações no seu calendário de lançamentos. Porém, com o Complexo de Lançamento SLC-40 fora de acção até à Primavera – ou mesmo até ao Verão – a empresa somente tem a Plataforma de Lançamento LC-39A nos seus planos a médio prazo.

Com a plataforma 39A ainda não estando pronta para o seu novo papel com a SpaceX, a primeira missão que deveria ser lançada desde aí – um foguetão Falcon-9 com o satélite de comunicações EchoStar-23 – foi adiada por várias vezes. Apesar de os trabalhos de preparação da plataforma estarem quase finalizados, a data de lançamento da missão EchoStar-23 foi considerada muito próxima da data de lançamento da missão CRS-10.

A SpaceX e a NASA discutiram a situação e decidiram que seria mais prudente por parte da empresa privada colocar o lançamento comercial para uma data posterior á missão logística para a ISS. Este adiamento permite assim a finalização das modificações na plataforma e a realização de verificações na famosa plataforma de lançamento, evitando assim um potencial adiamento para a importante missão logística tendo como destino a ISS.

Texto adaptado de “Dragon pulls rank as LC-39A readiness realigns SpaceX manifest“, por Chris Bergin. Com autorização.

Deixe um comentário