11A511U-FG Soyuz-FG (Б15000-035) * Soyuz TMA-01M (ISS-24S)



 

A Rússia levou a cabo o lançamento da Soyuz TMA-01M (11Ф732А47 №701) às 2310:57UTC do dia 7 de Outubro de 2010. O lançamento foi levado a cabo por um foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (Б15000035) a partir do Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 ‘Gagarinskiy Start’ (17P32-5) do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão.

A bordo da Soyuz TMA-01M segue o cosmonauta Alexander Yurievich Kaleri (Comandante da Soyuz TMA-A e Engenheiro de Voo da Expedição 25/26), o cosmonauta Oleg Ivanovich Skripochka (Engenheiro de Voo n.º 1 da Soyuz TMA-M e Engenheiro de Voo da Expedição 25/26) e o astronauta Scott Joseph Kelly (Engenheiro de Voo n.º 2 da Soyuz TMA-M, Engenheiro de Voo da Expedição 25 e Comandante da Expedição 26). Alexander Kaleri, de 54 anos de idade, leva a cabo a sua 5ª missão espacial, sendo o 5º cosmonauta russo e o 29º ser humano a levar a cabo cinco missões espaciais orbitais. Oleg Skripochka, com 40 anos de idade, leva a cabo a sua primeira missão espacial, sendo o 107º cosmonauta russo e o 516º ser humano a levar a cabo um voo espacial orbital. Scott Kelly, com 46 anos de idade, leva a cabo a sua 3ª missão espacial orbital, sendo o 134º astronauta dos Estados Unidos e o 176º ser humano a levar a cabo três missões espaciais orbitais.

 

Os três homens irão juntar-se a Douglas Harry Wheelock (Comandante da Expedição 25), Fyodor Nikolayevich Yurchikhin (Engenheiro de Voo) e Shannon Baker Walker (Engenheira de Voo) já em órbita. 

Durante a Expedição 25 e a Expedição 26 estão previstas 504 sessões de trabalho com 41 experiências (34 destas experiências foram iniciadas em incrementos anteriores).

A Soyuz TMA-M representa uma evolução na venerável família de veículos tripulados russos. As modificações introduzidas substituem os dispositivos de orientação, navegação e sistemas de controlo, além do sistema de medição de bordo por dispositivos mais recentes. Com estas modificações extende-se as capacidades funcionais do veículo tendo em conta o sistema de controlo e proporciona uma mais profunda integração com os computadores do segmento russo da ISS. Finalmente, as modificações permitem um aumento das capacidades de carga através de uma redução de massa dos sistemas de bordo do veículo.

A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2010. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 17 / 24
GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 5 / 11
Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 1 / 2
Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 6 / 10
Centro Espacial Kennedy (EUA) – 3 / 4
Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 2 / 4
Kodiak (EUA) – 0 / 2
Jiuquan (China) – 4 / 4
Xi Chang (China) – 5 / 7
Taiyuan (China) – 2 / 3
Tanegashima (Japão) – 2 / 2
CSG Kourou (Arianespace) – 3 / 5
Satish Dawan SHAR (Índia) – 2 (1) / 4
Naro (Coreia do Sul) – 1 (1) / 1
Palmachin – 1 / 1

Imagens:  TV Roscosmos/TSENKI 

Deixe um comentário